Menu

Neighborhood's Hero [K-Drama]


Hoje trago resenha - bem atrasadamente - de um dorama pouquíssimo comentado pelos dorameiros de plantão, provavelmente devido ao fato de todos estarem com a atenção voltada para outros sucessos da temporada. Enfim, Local Hero não foi O drama do ano, porém não é do tipo que deveria ser totalmente excluído da lista doramática de vocês, afinal temos o retorno mais que aguardado do ator Park Shi Hoo.


Sinopse: Baek Shi Yoon é um ex-agente secreto que perdeu seu melhor amigo uns anos atrás em uma perigosa missão. Escondendo seu passado, ele compra o bar "Neighborhood" e o gerencia. O bar é frequentado por outros ex-agentes, assim Shi Yoon acredita que conseguirá informações para descobrir toda a verdade por trás de sua missão fracassada e a morte de seu amigo.
Título opcional: Local Hero
Gênero: Ação, drama, crime, mistério
Ano: 2016
Nº de Episódios: 16
Onde Encontrar: DramaFever (online), Subarashiis Fansub (download)

Local Hero foi um dorama que me empolgou muito nos primeiros episódios, e ao ir se aproximando do final me desanimou um pouco.... Creio que isto se deve ao fato de eu ter criado muitas expectativas em relação ao roteiro do drama pois ao analisar a proposta do enredo em si estava bem na cara do que se tratava a trama. Pois bem, para descrever melhor minha opinião sobre este dorama irei dividir a resenha em tópicos:

- Baek Shi Yoon (Park Si Hoo)

O protagonista da vez é um ex-agente especial que ao trabalhar em uma missão em Macau 3 anos atrás, acabou perdendo seu amigo e companheiro de missão Jin Woo. Após o acontecimento, Shi Yoon foi descartado pela agência e passou um tempo atrás das grades, ao finalmente obter sua liberdade de volta, decide buscar a verdade por trás da sua falha missão em Macau. 
Shi Yoon então compra o bar Neighborhood, que até então era gerenciado pelo Hwang, visando obter todas as informações possíveis para descobrir quem estava por trás da falha missão. O Neighborhood é ponto de encontro entre ex-agentes da empresa a qual ele trabalhava, logo Shi Yoon vê isto como oportunidade para adquirir informações e buscar sua vingança.
Ao se fixar no local, ele percebe que a vizinhança está sofrendo grandes problemas graças ao Sang Min, moço que quer comprar todas as lojas da vizinhança para construir um shopping, porém ao ver seus vizinhos sofrendo represálias, Shi Yoon acaba se tornando, meio sem querer, um defensor denominado Sombra. Assim, o rapaz passa a ficar em dúvida se é mais importante obter sua vingança ou simplesmente, seguir em frente sendo um apoio para os seus vizinhos.
Shi Yoon não foi o tipo de protagonista marcante, pelo menos pra mim, senti como se faltasse algo no personagem, o que salvou tudo foi a sua personalidade generosa, sendo capaz até de se machucar para proteger quem achasse importante. Esta qualidade foi o que me fez ser cativada pelo personagem e esquecer sua falha em marcar uma forte impressão no telespectador. O Park Si Hoo atuou muito bem, o problema mesmo foi que os roteiristas vacilaram em alguns quesitos da trama, sendo uma delas, a falta de presença do Shi Yoon, mas isto até que se tornou meio relevante ao decorrer dos episódios. P.S.: Que sorriso lindo é esse?!

- Choi Chan Gyu (Lee Soo Hyuk)

E eis aqui o melhor personagem de toda a trama. Chan Gyu é um garoto que sonha em ser policial, porém ainda não conseguiu passar no teste. Buscando um emprego acaba sendo contratado pelo In Tae Ho para vigiar determinadas pessoas, o que o garoto não sabia era que estava se metendo em algo muito maior do que imaginava. Em uma de suas missões acaba indo parar no Neighborhood, conhecendo o Shi Yoon e o pessoal que trabalha no local, sem nem mesmo perceber passa a frequentar o local todos os dias.
Chan Guy é o tipo de personagem secundário que consegue causar uma marcante impressão no telespectador, conseguindo cativar devido à sua personalidade carismática. Sério pessoas, o jeitão moleque largado determinado dele é do tipo que faz as meninas cairem de amores, e olha que o ator, o Soo Hyuk - o qual eu nem gostava muito em King of High School - é o grande responsável por isso, afinal as caras e bocas dele fazem qualquer uma se derreter. Chan Gyu se torna próximo do Shi Yoon passando a considerá-lo como um grande amigo, além de que começa a nutrir sentimentos pela empregada do Shi Yoon, a roteirista Bae, então obviamente ele passa a fazer do Neighborhood a sua própria casa.

- In Tae Ho (Jo Sung Ha)

Tae Ho foi outro personagem que eu curti bastante e passei a até admirá-lo. O policial decide trabalhar em um empresa desconhecida após receber um convite de um conhecido, nesta empresa ele precisaria vigiar pessoas sem nem perguntar o porquê. Como o Tae Ho estava precisando aumentar sua renda para assim dar uma vida mais confortável à sua esposa e seus três filhos, ele acaba aceitando a proposta. Assim, Tae Ho contrata o Chan Gyu e ambos sem nem imaginar quão perigoso este envolvimento seria, passam a vigiar determinadas pessoas.
O que me fez admirar o Tae Ho foi sua bravura e determinação. O cara era capaz de aguentar tudo, até humilhação, para assim poder ganhar o dinheiro necessário para sua família ficar bem. E mesmo eu sentindo uma pequena raivinha, devido ao fato dele simplesmente aguentar tanta humilhação sem nem se defender, não conseguia ficar com raiva desta criatura por muito tempo, afinal o motivo dele era tão generoso que me fazia refletir o que uma verdadeiro pai é capaz de suportar para trazer o melhor para sua família. Tae Ho foi um verdadeiro pai de família e o ator conseguiu realmente convencer na atuação, transmitir sentimentos verdadeiros, como se fosse mesmo um chefe de família.

- Bae Jung Yeon (YuRi - SNSD)

A Jung Yeon trabalha no Neighborhood ajudando a servir os clientes. A moça sonha em se tornar uma grande roteirista e mesmo sua personagem não sendo tão marcante, conseguiu minimamente me cativar. Seu jeito doce era bem agradável e carismático, tornando-a uma personagem que conseguiu conquistar seu espaço na trama. 
Sendo sincera, achei a atuação da YuRi bem convincente, ela parecia uma verdadeira atriz e não uma idol-atriz, o que resultou em um certo carisma de sua personagem.  Mesmo a Bae sendo, ás vezes, meio chatinha, de certo modo, conseguiu transmitir que tinha uma determinada função na trama, sendo assim, considero válida a inserção desta personagem no enredo.

- Presidente Hwang (Song Jae Ho)

E o primeiro dono do Neighborhood não poderia deixar de ser mencionado. O presidente Hwang foi um dos meus personagens mais queridos, afinal, um vovô conselheiro e sábio é impossível de se ignorar, né não?! Hwang é um poço de segredos de ex-agentes pois sempre estava disposto a ouvir seus clientes e suas histórias, o problema é que saber dessas confissões poderia deixá-lo em perigo, ainda mais quando sua ex-agência quer manter tudo em sigilo. Então, o moço decide escrever sobre suas memórias e isto seria o estopim para uma série de "batalhas". Para saberem mais, só conferindo o drama! Haha'

- Yoon Sang Min (Yoon Tae Young) & Jung Soo Hyuk (Jung Man Shik)

O Yoon Sang Min é o antagonista da trama. O tipo ambicioso que pouco liga para os outros, se importando apenas com suas próprias ambições. O moço faz de tudo para conseguir se livrar da vizinhança do Neighborhood para assim construir seu shopping, no qual já investiu muitos milhões. O que este cara é capaz de fazer por sua ambição não é brincadeira, e justamente por isto compra briga com o Sombra, o defensor da vizinhança. Para saber como acabará esse fight só assistindo. Haha' O Soo Hyuk é o ex chefe do Shi Yoon, o qual continua trabalhando para a agência e por muitas vezes, me deixou com uma raivinha básica. Este personagem foi um dos que menos gostei, tamanha sua desconsideração para com outros personagens, dos quais se dizia amigo, e também por causa de suas infinitas atitudes desprezíveis.

- Seo Ahn (Choi Yoon So)

E está aqui a personagem que mais odiei. Sinceramente, ainda estou tentando entender qual a necessidade dessa personagem na trama, afinal suas ações foram duvidosas e muitas vezes, desnecessárias. Seo Ahn é a ex do Shi Yoon, também participou da missão em Macau, porém após o acontecido simplesmente abandonou o moço. Então me digam, como não detestar essa mulher? Além de que, os roteiristas pouco souberam aproveitar a moça na trama, o que me fez odiá-la ainda mais.

Temos muitos outros personagens, mas se eu mencionar todos vocês não terão qualquer surpresa, então para saberem mais... só conferindo o dorama.

- Roteiro

Como mencionei, o roteiro de Neighborhood's Hero não foi tão bom assim. Ao decorrer dos episódios pareceu que os roteiristas perderam o fio da meada, ou talvez como eu disse, eu devo ter criado muitas expectativas a partir dos primeiros episódios, achando que a trama focaria na vingança, o que não aconteceu. O fato é que o dorama tem cenas de ação até convincentes e legais, mas a trama em si não traz desdobramentos que arranquem um "wow" do telespectador. É o tipo de drama básico, sem grandes reviravoltas mas que consegue ainda assim, manter o telespectador ligado à história. Em nenhum momento senti vontade de largar a trama, pelo contrário, sentia vontade de terminar e conferir o fim desses personagens, entretanto, deixo claro, estaria mentindo se dissesse que está entre as minhas super indicações. No geral, aconselho que se for assistir vá sem grandes expectativas para evitar decepções. Eu esperava muito mais de Local Hero, mas mesmo assim, considero válido o tempo que gastei conferindo todos os 16 episódios.

- Romance

O foco de Neighborhood's Hero não é o romance, mas isso, claro, não impossibilitou a blogueira aqui de shippar errado. De novo? Sim, de novo! Não vou falar muito, é melhor evitar possíveis spoilers desnecessários, só adianto que é bem possível shippar errado neste drama. E claro, como eu passei a desenvolver atualmente uma habilidade de torcer por casais errados, desta vez não foi diferente!  Façam suas apostas! 

- Final

Em relação ao final, eu fiquei muito receosa considerando tudo que faltava esclarecer desde o penúltimo episódio. Além de que, os roteiristas estavam dispostos a dar uma sustinho básico nos telespectadores, o que achei realmente desnecessário. Enfim, foi um final até legal e seguiu a linha da trama, porém a última cena - a qual ficou disponível para a pura interpretação do telespectador - não conseguiu me deixar completamente satisfeita. Em uma escala de 1 à 10, eu daria 6,5. Considerando todas as minhas expectativas criadas e meu descontentamento com elas não sendo superadas até que a nota foi digna, né não?!

- Considerações Finais

- Amizade entre a roteirista Bae e a So Mi (Kim Bo Mi)

Além de gostar da Bae devido a sua maneira gentil e doce de ser, a personagem ganhou mais uns créditos comigo por causa da sua fiel e divertida amiga, So Mi. Eu sempre curto quando dão espaço para amizade entre meninas nos dramas, e este detalhe ficou bem encaixável na trama de Local Hero. O único detalhe que eu não curti, foi que a So Mi praticamente sumiu na reta final da trama, o que achei um erro por parte dos roteiristas, sendo que a moça e a Bae se tornaram tão cativantes juntas...

- Amizade entre o quarteto

E outra amizade memorável foi a do quarteto principal. Os quatro acabaram se tornando grandes amigos ao decorrer dos episódios, e este foi o grande destaque do drama e do enredo em si. Amei ver a maneira como o Tae Ho e Chan Gyu acabaram se tornando próximos do Shi Yoon, e consequentemente da roteirista Bae que ao trabalhar no local, firmou presença no grupo de amigos. Todos acabaram se ajudando, principalmente na reta final do dorama, o que transmitiu lindas mensagens sobre amizade para os telespectadores. Eu poderia humildemente dizer que se eu considerei Local Hero um dorama legal, em grande parte, a culpa é deste quarteto que soube cativar e ter uma ótima química em cena.

- Trilha Sonora

A OST de Neighborhood's Hero não é do tipo viciante e que ganha lugar na playlist dos dorameiros, a mais considerável é a música tema do drama, a qual sinceramente, poderia ter sido bem melhor.

Eluphant - Tightrope feat DJ Juice



- Conclusão

Neighborhood's Hero é um dorama legal mas que não garante grandes reviravoltas e surpresas para o telespectador, entretanto, consegue manter a atenção do mesmo. É o tipo de drama que não ganha grande destaque devido ao roteiro simples, porém é uma boa dica para quem curte tramas mais simplórias, com ação e ênfase em amizade. No geral, só por possuir o gato do Si Hoo e o lindinho do Soo Hyuk sendo tão cativantes, é considerável adicioná-lo na lista "pretendo ver" e claro, para os sones de plantão, de quebra vocês ganharão a presença da Yuri mostrando que sabe atuar tão bem quanto cantar um lion heart nos palcos do Inkigayo. Enfim, se vocês querem uma trama não surtante, legal de se ver e com um ahjussi gato como protagonista, eis aqui a dica.

Espero que tenham curtido a resenha e até a próxima! :*

8 comentários

  1. Não li a resenha ainda, ou melhor, não queria ler ainda porque só assisti até o episódio 4, sei que você não coloca spoiler, mas gosto de ler depois que assisti para entender tudo que você está colocando e também para não entender algo subentendido... mas, sabe quando os olhos correm pelas palavras por vontade própria? rsrs Então... Li os primeiros parágrafos e vi algo que queria desver kkkk sobre você ter se empolgado nos primeiros episódios e ter desanimado para o final... Também estou exatamente assim! Empolgadíssima nos primeiros episódios! Então, fiquei um pouco preocupada, será que vou chegar aos episódios finais com a mesma impressão que você? Haha Depois que eu terminar esse drama volto aqui para comentar ;)
    E sobre o "carinha da cicatriz" do Come Back Mister, ele ainda não apareceu nesse drama, então vou ter que descobrir ainda se vai ser um cara mau de novo kkkkk
    Beijão :*
    ~Tereza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo perfeitamente. Na verdade, desanimei porque criei muitas expectativas logo nos primeiros episódios, inclusive achando que teria mais ação do que teve, assim como pensei que focariam na vingança todo o drama e eles abordaram isso mais levemente, e também, shippei errado, então isso também me desanimou. /ahusha
      Mas pode ser que você acabe totalmente apaixonada pela trama simplória e discorde do que eu disse anteriormente. Enfim, aguardo ansiosamente você terminar e vir me dar sua opinião. ^^
      Esse "carinha da cicatriz" tá nos perseguindo esse ano, tá me assustando já /kkk

      Excluir
    2. Avancei um pouco na tradução desse drama... Acho que fiz até o episódio 7, e sabe o quê? Descobri que já comecei shippando errado também rs Então agora já desisti ¬¬
      Acho que vou ver se o outro casal me convence kkkk Isso se vai ter mesmo algum romance...
      Para mim pareceu que esse drama avança devagar (talvez seja porque eu estou fazendo devagar kkkk), passei mais alguns episódios já e só agora parece que finalmente vai "começar" a desenvolver o que eu estava esperando desde o começo. Mas vejo de um lado bom que não vão focar muito na vingança... O personagem principal deveria querer se vingar muito, mas não sinto nele tanto assim esse desejo de vingança ou ele não me convenceu muito... Sei lá, às vezes me parece que ele só anda em circulos... Então vou colocar minhas expectativas em ele proteger a vizinhança o/
      Mas vou ver o restante ;) Depois volto pra comentar tudo!
      :*
      ~Tereza

      Excluir
    3. "Descobri que já comecei shippando errado também" Ôh vida triste né? KKKK
      Gostei disso de não forçarem muito na vingança, foi um ponto positivo mas mesmo assim, esperei mais desse dorama sabe?!
      "Descobri que já comecei shippando errado também" Exatamente!
      Volte mesmo, quero saber o que achou do dorama após o final! Estarei aguardando! <3

      Excluir
  2. Oi! Acabei de ver esse drama e~ ainda bem que não focou na vingança! Na boa... odeio qdo o prota só pensa em vingança e se ferra por isso, afinal "a vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena" (Seu Madruga). E sou estranha kkkkkkkkkk quando desconfiei que tava começando a shippar errado, corri pro último ep dar uma espiada hihi.

    Realmente gostei da trama simples sem muitos nós para serem desfeitos, nada surtante demais e, ao mesmo tempo, com algo envolvente que prendia o espectador. Vi sem expectativa alguma, só mesmo queria rever o PSH depois de um hiatus tão grande e, a meu ver, tão injusto... então fiquei satisfeita.

    O final... me lembrou mto Iljimae, não sei se você já viu^^ tão inconclusivo quanto e cabe ao espectador "decidir" o que fazer com aquela informação meio que jogada na última cena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emily! (:
      Já eu achava que teríamos foco na vingança, e como gosto de tramas que contam uma boa vingança - acho que por conta da adrenalina que dá 'kkk'- acabei esperando mais desse dorama. Mas como você mesma disse vingança não é plena, Seu Madruga sempre foi sábio. Sério? Sorte sua então! Eu fiquei lá shippando errado, foi triste isso! kkk'

      Isso é verdade, meu grande problema com esse dorama apesar de ter curtido ele, foio fato de eu ter criado muitas expectativas por causa dos primeiros episódios, esperei muuuita ação e não foi bem assim. Eu deveria ter feito como você e ir sem qualquer expectativa, assim seria mega surpreendida né?! O retorno dele nesse título foi bom mesmo! (:

      Ainda não vi esse, mas vou procurar sobre, obrigada pela dica. Aquela última cena nos deixou com um ponto de interrogação na cabeça, prefiro acreditar nas minhas teorias. hahah'

      Excluir
  3. Ah, só mais uma coisinha... achei que o drama foi simples, mas não simplório. A meu ver, a palavra "simplório" traz consigo uma conotação meio negativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah entendo, Emily. Muito obrigada por essa opinião, foi muito construtiva, eu uso "simplório" na maioria das vezes no modo informal sendo sinônimo de muito simples, e no restante das vezes uso no sentido de ingênuo, mas não de forma negativa, e sim positiva, associando ao significado real do adjetivo, tipo simples, inocente, sincero. Porém, você me deu uma ideia de detalhar melhor no contexto o que quero dizer ao usar simplório, obrigada pelo toque. Beijão e volte sempre! Gostei muito do seu comentário! :*

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo