Menu

Hyung [K-Movie]


Sabe quando você assiste um filme simplório mas que consegue te deixar emotiva após o término dele?! Eis que este título é justamente assim! Ao finalizar Hyung estava emocionada, refletindo sobre o enredo. e claro não poderia perder a oportunidade de vir comentá-lo aqui.


Sinopse: Doo Sik está preso por fraude. Seu meio-irmão Doo Young é um atleta de judô mas durante uma partida ele acaba perdendo sua visão. Doo Young vive sozinho pois seus pais faleceram e após 15 anos, Doo Sik aparece repentinamente em sua casa pois fez uma solicitação de liberdade condicional – usando a desculpa de seu irmão deficiente. Isso faz com que os dois tenham que conviver juntos novamente… Mesmo que ambos se odeiem. [Fonte: EXO Planet Fansub]
Título Alternativo: My Annoying Brother
Gênero: Comédia, Drama, Família
Ano: 2016
Onde Encontrar: Kingdom Fansubs (download/online), EXO Planet Fansub (download/online), D.O. Brasil (download/online)

- Enredo

Ko Doo Yeong é um promissor atleta de judô que em uma determinada competição, sofre um acidente e perde a visão. Seu irmão mais velho, Ko Doo Shik aproveita-se desta deficiência do caçula para conseguir uma liberdade condicional, insinuando que com esta liberdade cuidaria do irmão, o que claro, era mentira pois as intenções do moço eram outras. Os dois são obrigados a conviver novamente e isto demonstra quão complicada é a relação deles, já que Doo Shik saíra de casa anos atrás deixando sua família sem nem mesmo tentar manter o laço que os unia. Inicialmente, Doo Shik pouco importa-se com Doo Yeong, só está interessado em utilizar esta oportunidade para aproveitar a vida, entretanto, com a convivência, ele percebe que seu irmão mais novo pode estar enfrentando uma depressão. o que instintivamente o leva a aproximar-se dele. Com a aproximação, os irmãos começam a colocar os pingos nos is, lidando com os ressentimentos do passado e enfrentando a nova situação familiar. Será que Doo Yeong conseguirá aceitar sua nova condição, e Doo Shik finalmente começará a agir como um irmão mais velho? É esta a proposta de Hyung, dois personagens com mágoas e dores ainda não superadas que são obrigados a viver novamente juntos, e claro que o passado pesaria neste presente. O enredo desenvolve-se de maneira simplória mas traz desdobramentos interessantes, bem como uma nítida evolução dos personagens, o que ao meu ver foi o ponto mais importante da trama. 

- Personagens

Ko Doo Shik - Jo Jung Suk

Ko Doo Shik é o "hyung" do filme, o qual está preso e com sua esperteza decide apelar para uma liberdade condicional afirmando que precisa cuidar de seu irmão agora deficiente visual. É claro que ele pouco se importa verdadeiramente com este fato, e inicialmente trata o Doo Yeong como um mero conhecido, sem qualquer atenção e compaixão pela dor e tristeza que o irmão está enfrentando. 
Confesso que fiquei com raiva do moço no início do filme pois o achei um canalha sem amor ou sequer, uma mínima consideração para com o Doo Yeong e a situação que enfrentava, até que comecei a entender o personagem. Assim como o Doo Yeong, Doo Shik tinha suas mágoas dentro de si, e lidar com elas era algo difícil, assim como aprender a separar esta mágoa da imagem do irmão. Vocês irão entender quando assistirem ao filme. O que importa é que o protagonista cresceu e ao decorrer do filme foi demonstrando quem era de verdade, e suas posteriores ações me comoveram. Ele mostrou que nós seres humanos podemos errar mas consertar o erro, aprender a lidar com mágoas e transformá-las de alguma forma.
Ao desenrolar da trama, uma "surpresa inesperada" surge e isto faz o filme encaminhar-se para outro desfecho, e é aí que pode-se verificar quanto o personagem amadureceu, foi neste ponto que me apeguei ao Doo Shik. Tudo que eu pensei sobre o personagem inicialmente se provou mentira, e ele me surpreendeu em cada momento seguinte, tamanha as decisões que decidiu tomar. O ator me é conhecido desde Jealousy Incarnate - o qual trarei resenha em breve! - e desde lá, ele mostrou quão incrível é! Vê-lo ao lado do KyungSoo realmente me fez pensar que eles eram irmãos pois fisicamente eram muito parecidos. E parece que surgiu até uma amizade entre os dois, a qual transpareceu nas cenas do filme.

Ko Doo Yeong - Do Kyung Soo (D.O. - EXO)

Doo Yeong é um atleta de judô cotado para ser uma estrela quando inesperadamente sofre um acidente e perde a visão. Tendo que lidar com sua nova situação, de um atleta promissor à um garoto cego, ele sente-se assustado e revoltado, sem saber como lidar com a dor. Seu irmão mais velho chega à sua casa agindo como se não se importasse, e isso só o enfurece mais, afinal depois de tantos anos esperando seu hyung voltar, quando o mesmo retorna é apenas para usá-lo como uma oportunidade para obter a liberdade. O rapaz então enfurna-se dentro do quarto e sua ex (?) treinadora, Lee Soo Hyeon, costuma fazer-lhe visitas no intuito de ajudá-lo com um certo apoio. Em uma dessas visitas, a moça conhece Doo Shik e o aconselha sobre como tratar e cuidar de seu irmão mais novo. Posteriormente, as visitas da moça tornam-se mais frequentes e a mesma tenta convencer o Doo Yeong de tentar um recomeço, o que irrita o rapaz que está decididamente desistindo da vida.
É apenas com a aproximação do Doo Shik que Doo Yeong começa a desprender-se de seu mundo solitário, da dor na qual tem se fechado, com a qual tem se coberto desde o acidente. De forma natural, Doo Shik vai convencendo-o a sair de casa, e assim, o rapaz começa a perceber que talvez sua vida não tenha acabado, que talvez ainda haja esperança.
Falar da atuação do Kyung Soo é pedir para eu encher-lhe de elogios, o que é suspeito pois o moço é um dos meus bias do EXO - se bem que amo o grupo inteiro - e claro, sempre confiro seus projetos. Entretanto, tentando ser o mais sincera possível gostaria de dizer que não o elogio apenas porque gosto do moço, mas sim pelo fato de sua atuação ser tão realista. O personagem do moço era um tanto quanto difícil pois tinha uma limitação, e o Kyung Soo brilhou e transmitiu genuinamente como é ser um deficiente visual. Em Hyung podemos conferir quão bom ator o rapaz já é e o quanto ele tem melhorado desde seu primeiro trabalho. Kyung Soo é um dos idols que prova que um rostinho idol bonito pode sim atuar muito bem! 
~Só assim pro D.O. mostrar o abs né não?! ~

Lee Soo Hyeon - Park Shin Hye


A Shin Hye interpreta a treinadora do Doo Yeong, a qual mesmo após o acidente dele continuou apoiando-o, tentando convencer o garoto a continuar no judô. É claro que convencer o rapaz sobre esta possível oportunidade não é tarefa fácil sendo que ele mesmo não consegue aceitar sua nova condição, e para isso, ela recorre ao Doo Shik. Por vezes, Soo Hyeon dá umas diretas no irmão mais velho, tentando fazê-lo perceber que é a única família para o jovem Doo Yeong e que ele precisa de todo o apoio possível para superar sua depressão. Gostei muito da personagem pois foi uma fonte de apoio para o Doo Yeong durante todo o filme, o que me fez admirá-la. Shin Hye foi Shin Hye atuando, então nem preciso comentar né?!

Dae Chang - Kim Kang Hyun

~Foto do RG~

E o personagem mais cômico de todo o filme é este aqui! O moço acaba se desentendendo com o Doo Shik e posteriormente continua o encontrando. O mais engraçado é que a criatura desempenha inúmeras profissões durante todo o filme, e esta é a pontinha de comédia da trama, foquem neste ser para rir um pouquinho!

- Consideração Final

O ponto chave da trama é a relação entre os dois irmãos, como eles vão se reaproximando, deixando pra trás o que aconteceu no passado, superando todas as mágoas e reconstruindo a confiança e carinho que anos atrás tiveram. Ambos não são verdadeiramente irmãos, são irmãos por parte de pai e Doo Shik abandonou a família quando mais jovem por motivos que achava serem certos, o que acabou deixando um vazio na família. E quando os pais do Doo Yeong faleceram, ele se viu sozinho para continuar seguindo em frente, o que lhe causou ressentimento para com seu irmão que não reaparecera para lhe confortar. 
Como a vida sempre traz surpresas, Doo Yeong sofre o acidente e fica cego, agora imaginem um atleta de judô, um garoto jovem tendo que lidar com o fato de perder a visão, perder de um dia para o outro tudo que conquistara e ainda conquistaria. É claro que não é uma situação fácil e quando seu irmão simplesmente surge novamente, tudo fica ainda pior. Mas é nesta relação, no desenvolvimento dela que o enredo dá ênfase, focando em como a família é importante. Em como podemos superar qualquer medo, tristeza e dor ao lado de alguém que nos apoia e acalenta, ao lado de quem se transforma em um porto seguro pra nós. 
E quando o telespectador acha que as coisas já estão resolvidas, uma reviravolta surge, uma surpresa do destino e o futuro torna-se sombrio novamente. E isto não diminui a trama, pelo contrário, só nos mostra como a vida é surpreendente, como ela gosta de nos testar e surpreender das melhores e piores formas. O que fica de Hyung é a lição sobre a vida, devemos fazer o necessário enquanto estamos vivos, devemos fazer o que podemos para as pessoas que amamos, deixando o nosso melhor para elas. E também fica a mensagem de que podemos enfrentar e superar qualquer tipo de tragédia que nos aconteça, assim como o Doo Yeong que enxergava as diversas cores e, de repente, se viu na mais completa escuridão, podemos nos adaptar e recomeçar. Afinal, a vida é uma caixa de surpresas, não sabemos o que irá sair dela, mas temos que nos manter seguindo em frente pois só se vive uma vez!

***

- Concluindo: Hyung é um filme que fala sobre aceitação, superação e amor. Doo Yeong precisou aceitar-se, aceitar a sua nova condição e deixar de se esconder em casa, saindo para o mundo mostrando que mesmo agora sendo um deficiente visual, ainda era capaz de ser como qualquer outro humano sem deficiência. A partir da aceitação, ele pôde dar início à superação, superando as dificuldades novas que lhe surgiam, com força, coragem e claro, o apoio incondicional de amigos e família. 
E aí entra o amor, o amor de irmão para irmão, este sentimento impulsionou o Doo Yeong a continuar lutando por seu recomeço. Recomendo muito este filme pois as mensagens que ele transmite são verdadeiramente tocantes, bem como os anteriores e já comentados aqui no blog, Glory Day e Pure Love. Para as manteigas derretidas, aviso que deixem uma caixinha de lenços perto quando forem assisti-lo, os demais ficarão segurando as lágrimas, assim como eu. Esta foi a dica de hoje, espero que tenham curtido e abaixo segue a OST do kmovie. Aproveitem e afoguem as mágoas que serão causadas por este filme, se entupindo de chocolate! Haha' Beijos e Boa Páscoa! 

Don't Worry - Do Kyung Soo feat Jo Jung Suk



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo