16 outubro, 2015

Noragami [Anime]


Um dos títulos que surgem para chamar a atenção dos fãs de animes, com uma história meio básica porém cativante, Noragami consegue prender a atenção, trazendo um shounen divertido e muito interessante. Uma das indicações que faço sem medo de errar, não é à toa que entrou para minha lista de preferidos, por isso, trago resenha deste ótimo anime.

Noragami



Gênero: Ação, aventura, shounen, sobrenatural
Nº de Episódios: 12
Ano: 2014
Onde Encontrar: Animakai
Sinopse: Yato é um deus menor, cujo sonho é ter um monte de seguidores para adorá-lo e orar com ele. Infelizmente, o seu sonho está longe de se tornar realidade pois não tem sequer um único santuário dedicado a ele. Para piorar as coisas, o único parceiro que tinha e o ajudava a resolver os problemas das pessoas, acabou de sair do trabalho. Sua existência divina e sorte só passa a mudar quando se depara com Iki Hiyori.

Este foi um dos animes que assisti meio que por acaso e acabei completamente apaixonada pela história e personagens, a ponto de ir correndo ler o mangá (quem quiser lê-lo, clique aqui) para assim, poder acompanhar as posteriores aventuras deste trio. A trama conta sobre como vivem os deuses, equipados com suas regalias (espíritos que usam como armas) precisam derrotar fantasmas (os espíritos maus) e manter um equilíbrio entre esta margem (a dos vivos) e a outra (dos mortos), além de precisarem ter seguidores para que suas existências não sejam esquecidas.


  • Personagens:

Yato


O deus menor mais engraçado dos últimos tempos. Yato é um deus que anda nas ruas com moletom e nem sequer possui um santuário. Seu sonho é conseguir reunir diversos seguidores e para isso aceita qualquer tipo de serviço (qualquer um mesmo, rs), desde encanador à faxineiro de casinha de cachorro, kkk.


Certo dia, em um de seus serviços acaba conhecendo a Iki Hiyori e por causa de um acidente, a moça passa a ter que viver atrás dele, cobrando um serviço. Essa aproximação iria acabar se transformando em uma grande amizade e ambos passam a ajudar um ao outro. Porém, o jeito descontraído do Yato esconde quem verdadeiramente ele é, um deus da calamidade que parece ter cometido muitos erros anos atrás e que possui muitos mistérios em relação ao seu passado e origem.


Iki Hiyori

Hiyori é uma personagem divertida e incrivelmente cativante, o que nem sempre encontramos em animes deste gênero.
A garota acaba se envolvendo com o Yato e após o incidente, sua alma sempre escapa do corpo, o que se torna um incômodo para a moça.

Após fazer o pedido a este deus menor para que ele conserte seu corpo, passa a ir atrás do Yato aonde quer que vá, muitas vezes se metendo em confusões junto com ele. Ela se torna cada vez mais próxima dele, chegando a até correr riscos para ajudá-lo. Além disso, também passa a se tornar uma grande amiga para o Yukine (falarei mais sobre ele abaixo), sempre cuidando do garoto como se fosse parte da família.


Yukine


A regalia (é um espírito que serve como arma para os deuses) do Yato é um espírito que morreu jovem demais e acabou sendo transformado em regalia de repente. Agora, tem que lidar com o fato de estar morto porém, poder circular livremente entre os vivos. Por ser tão jovem, Yukine é muitas vezes imaturo, o que acaba perturbando o Yato e complicando a relação dos dois. Mas sua proximidade com a Hiyori acaba o ajudando a entender um pouco mais sobre esta confusa situação e outros acontecimentos (que vocês só saberão quando verem o anime, haha') também acabam contribuindo para o Yukine se tornar uma regalia melhor para seu deus (também pode-se chamar, neste caso, de mestre).



Este trio foi um dos melhores em animes e sério gente, impossível não se encantar com eles. Ao decorrer dos episódios, à medida que eles vão se tornando mais próximos e desenvolvendo uma bela amizade, se torna cada vez mais interessante acompanhar as aventuras e dificuldades que Yato, Yukine e Hiyori enfrentam.

O legal é que não fica aquele clichê "vamos superar isso com nossa amizade e ser felizes juntos", não. Tudo acontece de forma natural e bem mais interessante que em muitos outros animes por aí. Um dos pontos positivos do anime, com certeza, é este trio.
Temos também outros personagens que trazem grandes contribuições para a trama, entre eles, citarei os que acho que possui mais importância nesta temporada.



Como exemplo, a deusa inimiga do Yato: Bishamon (Veena). A deusa da guerra quer matar o deus menor a todo custo, pois o acusa de ter matado uma regalia tempos atrás, essa perseguição nos traz boas cenas de luta o/. Veena possui diversas regalias, uma das principais e mais importantes, é o Kazuma. Um tipo de coordenador que comanda/organiza/ as outras regalias e até aconselha sua mestre sobre as melhores opções em uma batalha. O que ela não sabe, é que seu fiel escudeiro parece ter um tipo de gratidão por algo que o Yato fez no passado, porém, sendo que ele trabalha para a maior inimiga do deus menor, precisa lutar com ele a todo custo.



Temos também a deusa da pobreza, uma maluca que parece não ter nada na cabeça. Kofuku é enérgica e totalmente despreocupada (nem parece ser uma deusa), ao lado de sua regalia, Daikoku (que a trata como se fossem marido e mulher, rs), é garantia de boas risadas. Tem uma proximidade/amizade com o Yato (meio que estranha, rs) e com a Veena (mesmo que mais por "negócios" do que qualquer outra coisa), a louquinha fica no meio dos dois mas sabe contornar isso muito bem.



  • Mangás vs Anime


Após ver o anime, Noragami me encheu de vontade de continuar acompanhando as aventuras deste trio mais que divertido e cativante. Então, decidi começar a ler o mangá imediatamente. As diferenças no início são poucas, o anime tentou ao máximo manter a fidelidade em relação aos quadrinhos (e eu super gostei disso), em alguns pontos nem sequer temos diferenças, pelo contrário, até adicionam algo a mais. Mas claro, sempre tem uma alteração aqui ou ali, porém, conseguiram fazer isso de forma sútil, sem perder a essência da trama. Por isso, digo-lhes sinceramente, podem conferir ambos, anime e mangá, sem medo.


  • Trilha Sonora

A opening é até legal, mas a canção que me chamou atenção foi a ending: Heart Realize interpretada por Tia. Confiram abaixo!


  • Conclusão:

Noragami é um shounen divertido, interessante e bem leve. Nem por isso, deixa de ser interessante acompanhar, em terra de animes mesmice, ele consegue ter seu diferencial, mesmo com uma história básica (afinal, não é algo inovador ou 100% nunca feito antes) consegue manter um bom ritmo, prender a atenção, divertir e até empolgar o telespectador. Um dos meus animes/mangás preferidos da atualidade que recomendo sem medo de errar. Estou super ansiosa com a segunda temporada (principalmente porque o mangá está cada vez melhor!) e assim que ver, trarei resenha. Aguardem e claro, confiram a primeira temporada, garanto que irão curtir! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Compartilhe