Menu

As Vantagens de Ser Invisível [Filme]


Após ler o livro (confira a resenha aqui) e ficar totalmente encantada com a história, finalmente conferi a adaptação cinematográfica, e ainda estou sem palavras por não conseguir acreditar no fato do filme ser tão bom quanto a obra original. Se você ainda não cedeu um momento para As Vantagens de Ser Invisível, aconselho (e muito!) que reserve um pequeno espaço na sua agenda para acompanhar Charlie em sua busca para tentar se encaixar no mundo.

As Vantagens de Ser Invisível



Sinopse: Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir em sua nova escola. Com os nervos à flor da pele, ele se sente deslocado no ambiente. Seu professor de literatura, no entanto, acredita nele e o vê como um gênio. Mas Charlie continua a pensar pouco de si... até o dia em que dois amigos, Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), passam a andar com ele.
Gênero: Comédia dramática, romance
Ano: 2012
Onde encontrar: Mega Filmes (online)

O principal motivo para eu ver o filme, sem dúvidas, foi o fato de ter amado o livro e claro, seria normal estar receosa se tratando de uma adaptação mas desta vez, nem fiquei. Após duas recomendações de pessoas próximas, decidi que tinha passado da hora de ver o Charlie em forma de gente e não apenas imaginá-lo em minha cabeça. Além do roteiro muito bem adaptado (em parte - creio eu - por causa do Stephen Chbosky ter trabalhado ativamente com um dos produtores), o elenco também não poderia ter sido melhor. Emma Watson (minha querida inesquecível Hermione Granger), Logan Lerman (Percy Jackson e o Ladrão de Raios - só leiam o livro, não percam tempo com o filme) e Ezra Miller (não conhecia o ator mas ficarei de olho nele a partir de agora, principalmente porque viverá o Flash em Liga da Justiça), tudo isso, resultou em um daqueles títulos cinematográficos que merecem e devem ser vistos!

Confiram o trailer:



  • Personagens:
Charlie (Logan Lerman)

Quem leu minha resenha sobre o livro (ainda não leu? Confira aqui!) sabe o quanto me encantei com este garoto, sério pessoas, impossível não ser conquistada pelo Charlie. É o tipo de personagem que consegue ser totalmente sensível e profundo, fazendo o espectador se sentir envolto em toda a trama, esquecendo que aquela história é apenas ficção.

Bom, sendo assim, é óbvio que eu fuzilaria o ator caso não transmitisse algo do tipo e fiquei muito feliz (muito, muito meeesmo) ao observar a impecável atuação do Logan, sou suspeita (em partes) para falar do moço, pois desde Percy Jackson me encantei com ele, porém deixando essa trágica saga de lado (filmes ruins = livros ótimos), é um fato que o rapaz olhos lindos (arrasadores de ) conseguiu a proeza de me fazer esquecer que um dia ele foi um semideus, e se tornou apenas um garoto comum com seus conflitos emocionais. 
Logan não roubou os raios mas roubou a cena!



Charlie é solitário e sem amigos, ao iniciar seu ensino médio, a única coisa que deseja é poder diminuir essa solidão e se aproximar de outros jovens de sua idade, quem sabe até encontrar amigos, fazer parte de uma turma, se encaixar. Em uma dessas tentativas, ele conhece Patrick e Sam, meio irmãos divertidos e um pouco malucos, mas que de alguma forma passam a entender a necessidade de Charlie e se tornam o tipo de círculo de amizade que o garoto nunca experimentou.


Através dessa proximidade, ele também desencadeará sentimentos pela Sam, porém a garota tem namorado e só o vê como um amigo, mas, o mais legal é que o filme não se torna um romance clichê, pelo contrário, Charlie tem seu próprio modo de lidar com o que sente pela sua amiga, o garoto é uma fofura, se quando li o livro já quase me encantei totalmente com ele (quase porque estava ocupada demais sendo conquistada pelo Minho - Maze Runner), após o filme, estou totalmente cativada a ponto de querer adotá-lo e trazê-lo aqui para casa.


Além desse sentimento, Charlie tem dentro de si uma enorme bagagem emocional, a qual precisará aprender a lidar e superar, não posso comentar muito, afinal spoiler não é legal! Adianto que foi muito interessante (e triste) acompanhar o garoto nesta situação, no livro não fica tão explícito o motivo para essa desordem emocional dele, mas no filme, temos um complemento deixando claro tudo que realmente aconteceu com o Charlie.


Sam (Emma Watson)


Todo mundo que é desse planeta já conhece a Emma, a inesquecível Hermione Granger (saga Harry Potter) também me surpreendeu. Sério, não achava que seria capaz de enxergar a moça como outra personagem, cresci vendo os filmes de HP, então para mim, sempre (sempre meeesmo) Emma seria a Hermione e Hermione seria a Emma, maaas, eis que neste filme esqueci disso e claro, fiquei chocada.


A Sam é totalmente espontânea, alegre, alto astral e não lembra a Hermione em nenhum aspecto, o mais incrível de um ator, para mim, é quando ele consegue desempenhar vários papéis e ser totalmente diferente em cada um deles (tipo o ator Joo Won) e mesmo só tendo conferido este trabalho dela após a saga dos bruxinhos, posso dizer, afirmar, que ela tem tudo para se tornar uma atriz deste tipo. Sam é incrivelmente madura e sincera, ama o Charlie, não da forma que ele deseja mas de outra, uma tão linda e verdadeira quanto a que ele queria e isso é algo fascinante, sua proximidade com o Patrick também é lindo de se ver, há respeito, compreensão e companheirismo, ah! loucuras também, os dois garantiram cenas divertidas.


Patrick (Ezra Miller)


Ficarei de olho neste jovem a partir de agora! (Ele será o Flash, então, com certeza, preciso ver o filme!) O que dizer do Patrick? Nossa! O rapaz é engraçado, único e incrivelmente cativante, não importa o que achem dele, ele se aceita do jeito que é, sua homossexualidade não é um problema, é sua opção, seu modo de ser, ao acompanhá-lo durante o filme se torna o tipo de personagem que conquista respeito.



O mais legal foi a maneira como abordaram o drama do personagem no filme, ele está apaixonado e isso nunca é fácil, ainda mais quando se tem que quebrar um preconceito enorme como barreira, uma relação entre pessoas do mesmo sexo ainda é mal vista, ele e seu namorado são obrigados a esconder seu relacionamento, na verdade, seu parceiro nem sequer pode realmente assumir sua situação, e gente, nunca tinha parado pra pensar o quão difícil deve ser para os gays/lésbicas/ gostar de alguém e tentar ficar com essa pessoa. E quanto preconceito eles tem que enfrentar, espero que um dia, a sociedade consiga ser mais respeitosa com as diferenças.

Com o Patrick eu refleti sobre amor, independente entre quem seja, ainda é amor. Uma pena, nem todos conseguirem aceitar isso.

Ezra brilhou e conseguiu ser o Patrick que eu imaginei ao ler o livro, simplesmente perfeito!
P.S.: A cena que ele dança e acaba no colo do Lerman me fez rir horrores, kkk.

  • Filme vs Livro

Como mencionei antes, Stephen trabalhou na adaptação, o que na minha humilde opinião, foi o real motivo para o filme ter ficado tão fiel ao livro, aliás, pareceu até um complemento. Claro, não é a mesma sensação, ao ler a obra você sente realmente o Charlie de uma maneira mais profunda mas não quer dizer que na telinha, tenha sido algo inferior, pelo contrário, foi tão bom quanto. Logan realmente transpareceu a carência do Charlie, as emoções conflitantes, o desgaste emocional que vinha se arrastando dentro do garoto há tantos anos e esse é um maiores pontos positivos no filme. Recomendo ambos, e sério gente, leiam o livro, pois a leitura pode nos tocar de uma maneira que um vídeo não consegue, e é realmente fascinante a leveza, sinceridade e profundidade que As Vantagens de Ser Invisível transmite.

Um dos pontos mais positivos da adaptação é, sem sombra de dúvidas, a fidelidade em relação as frases mais marcantes do livro, simplesmente amei isso.

  • Amizade/Romance

O trio é simplesmente perfeito juntos, conseguiram transmitir a amizade que os personagens tem entre si. Demonstraram aquela química sutil e cativante, assim como no livro, nos conquistam logo de início, tamanha a proximidade com a realidade. Afinal, todos os jovens buscam uma turma na qual possam ser aceitos do jeito que são, com qualidades e defeitos, Charlie busca isso, é o perfeito retrato de nossa juventude.



O romance é sincero, Charlie gosta de sua melhor amiga mas ela não o corresponde da maneira que ele quer, uma situação complicada, mas que nem por isso acaba com a bela amizade. Se sempre fosse assim seria ótimo, né? Logan e Emma me fizeram soltar "owns", simplesmente pelo fato de tanto carinho envolvido, no livro, Sam é exatamente assim para Charlie, uma amiga compreensiva que o ama e deseja que ele fique bem, o que foi completamente transmitido na telinha. Ela o enxerga, não apenas o vê, aconselha-o para seu próprio bem, não há sentimento mais puro que esse, no qual a preocupação com o bem estar antecipa qualquer outro sentimento. P.S.²: E os beijos entre esses dois?

  • Considerações Finais

A única coisa que senti falta na adaptação foi o fato da relação entre o Charlie e Candace (Nina Dobrev - The Vampire Diaries), sua irmã, no livro em certo momento precisa que ele a acompanhe e ambos vão a um certo lugar (se querem saber em detalhes, só lendo o livro), no filme não tem esta cena, o que não gostei pois foi uma das que mais me marcaram quando li o livro, mas até entendo, se fosse contar cada detalhe no filme, viraria uma série. Só acho que vale a pena mencionar, afinal, ao ler As Vantagens de Ser Invisível, uma das coisas que mais marcaram foi a família do Charlie e seu relacionamento com cada membro dela, eram simplesmente uma verdadeira família, não que não seja perceptível no filme, porém, no livro é totalmente evidente. O que se torna um dos pontos mais lindos de toda a história.


Por outro lado, friso mais uma vez, amei a forma como abordaram a amizade/irmandade/ entre Sam e Patrick. Companheirismo e parceria é sinônimo desses dois e o Ezra convenceu ao lado da Emma, não sei se é porque tenho um irmão mais velho, mas amo quando tem irmãos tão incríveis/fofos/amigos/ em tramas. 

Assim como o livro, o filme consegue ser sensível, tocante e profundo.
Não deixem de conferir, vale muito a pena (muito meeesmo!).


2 comentários

  1. Oi!
    As Vantagens de Ser Invisível é minha adaptação favorita.
    E o livro é maravilhoso,foi muito importante na minha vida.

    Parabéns pelo blog!

    http://mundosecretodalia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito lindo mesmo, eu recomendo. Obrigada, vou visitar seu blog também. ^^

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo