24 janeiro, 2016

Last [K-Drama]


Após uma recomendação fortíssima de um amigo (na verdade, uma intimação, né K~oppa? rsrs), fui conferir este dorama que acabou me surpreendendo (e muito!), principalmente por causa de sua história totalmente original. Bem diferente do que estamos acostumados a ver em dramas (pelo menos eu, nunca tinha visto algo assim e olha que minha lista passou dos 50 faz tempo), não temos aqui clichês costumeiros, pelo contrário, Last traz um enredo inovador e muito interessante de se acompanhar.

Last



Sinopse: Após falhar em um esquema de mercado de ações, Jang Tae Ho é obrigado a fugir e viver na rua como um mendigo. No lugar onde ficará agora será sua nova casa: a Estação de Seul. Lá, ele descobrirá que há um sistema montado, com base em rankings, que controla tudo que é arrecadado pelos mendigos do local. 
Tae Ho decide então: irá se tornar o novo presidente deste sistema.
Gênero: Ação, drama
Nº de Episódios: 16
Ano: 2015
Onde Encontrar: Viki (online), Somos Viciados em Doramas (download)

Motivos para conferir Last não faltam, por isso, neste post listarei as razões pelas quais vocês deveriam dar uma chance a este dorama que confesso, não me fez surtar (quem tá conseguindo isso é Moorim School) porém, me cativou muito e é merecedor de diversos elogios.

1) Roteiro diferente sem clichês

Já mencionai isto, mas vale a pena frisar mais uma vez, Last é totalmente sem aqueles diversos clichês doramáticos (que nós amamos, eu sei, mas ás vezes é bom sair um pouco de tanta mesmice, certo?). Tae Ho é obrigado a ir viver como mendigo na Estação de Seul por causa de seu golpe que deu errado, deixando tudo pra trás, inclusive sua namorada, ele então, tem que encarar sua nova realidade. Essa realidade foi a coisa mais legal do dorama, afinal, me digam pessoas, quantos doramas vocês viram que retrata a vida de mendigos de uma maneira tão diferente?
Não é com todo aquele dramalhão, a forma como abordaram isso foi totalmente inovadora e interessante.  Há um sistema, uma verdadeira hierarquia montada na Estação, um ranking para estabelecer a ordem entre os mendigos e assim, coletar "os lucros" que os mesmos arrecadam. E à medida que o telespectador acompanha o Tae Ho vai entendendo como funciona todo este sistema, regras, organização do dinheiro arrecadado e sério, tudo muito bem montado - administrar mendigos pode ser um ótimo negócio (brincadeira, rs) - o que se contribuiu para que o dorama ficasse cada vez melhor. Os desdobramentos foram bem feitos e o dorama conseguiu assim manter um bom ritmo, sem ficar chato ou "parado" como ás vezes acontece. Além de que dosaram muito bem o romance (que não era o foco) sem sair fugir da proposta inicial da trama. Fora tudo isso, ainda somos recheados de ótimas cenas de luta, pancadaria e tudo mais (quem acompanha as resenhas aqui no blog sabe que eu curto histórias assim), portanto preparem-se!


2) Protagonista inteligente


Jang Tae Ho (Yoon Kye Sang) é um grande motivo para vocês darem uma chance à Last. Ficava surpresa com o quanto este protagonista era incrivelmente carismático apesar de não o ser. Confuso? Eu explico
Tae Ho não é o mocinho que estamos acostumados a ver, em doramas os protagonistas ou são super bonzinhos ou bad boys. Pois bem, não é este o caso. Aqui, temos uma personalidade marcante, o moço tem que encarar sua nova vida e acaba no meio de um sistema que o instiga a ser ambicioso. Sendo assim, é exatamente o que ele faz.


De acordo com suas próprias ambições e desejos, passa a buscar maneiras de se tornar um número um na hierarquia, porém, muitas coisas vão acontecendo, e ele claro, passa por mudanças. Fiquei com raiva do Tae Ho em alguns momentos por causa de algumas de suas ações (quase entrei na tela para bater nele) mas depois, felizmente, a raiva passou e voltei a ser cativada por ele, simplesmente, por ser um personagem tão humano, sério pessoas, de todos os personagens que já encontrei no mundo doramático, nunca tinha visto um tão próximo da realidade quanto este ser aqui. Sua inteligência era outra qualidade que me deixava perplexa, o rapaz tinha a incrível habilidade de contornar qualquer tipo de situação de forma a encontrar uma maneira de dar a volta por cima, enganando quem precisasse. Não conhecia o ator (pelo menos, não lembro de tê-lo visto em outro dorama da vida) mas desejo conferir outros trabalhos dele assim que possível (quando minha lista de atores diminuir, ou seja, um dia em um futuro sabe-se lá quando /rs).


3) Personagens secundários bem inseridos na trama

Uma trama cheia de personagens que apenas estão ali para fazer papel de figurante pouco me interessa, porém, cada personagem em Last tinha sua função e contribuía à sua maneira no enredo. Dentre eles, vale mencionar:
  • Amigos (equipe) do Tae Ho

Tae Ho acaba conquistando amigos (todos na foto ao lado) nessa sua busca para se tornar o número um na Estação de Seul. Temos o hacker Young Chil (An Se Ha - o agiota de Yong Pal, lembram dele?) que fugiu de casa para viver nas ruas, o encrenqueiro Oh (Kim Ji Hoon), o Ahjussi maluquinho que se achava presidente: Johwejang (Jeong Jong Jun), e o parceiro para todas as horas: Hae Jin (Kong Hyung Jin), todos eles constituíam a equipe do Tae Ho, e a partir do momento em que se reuniram não abandonaram mais o novo mendigo. Uma amizade verdadeira que me chamou a atenção e se tornou, na minha opinião, um dos pontos mais marcantes de Last.
  • Seo Mi Joo (Park Ye Jin) e Ryu Jong Goo (Park Won Sang)
Estes dois me encantaram. Apesar de romance não ser o foco em Last, claro que tem um pouquinho e eis que este possível casal deram um de drama/ ar romântico  bem interessante. A Mi Joo trabalha para o Presidente Kwak (falarei mais abaixo), obedecendo em tudo que ele pedir, porém, seu verdadeiro interesse é no Jong Goo, os três tem toda uma relação - história que é contada em determinado episódio (nem vou mencionar, assistam e confiram!) - e que acabou por se tornar meio complicada. 
Enquanto o Ryu age como se não ligasse para mais nada, muito menos para sua posição no ranking (ele é o número dois), Mi Joo todo o tempo está tentando se aproximar dele e quem sabe conseguir convencê-lo a ir embora da Estação de Seul com ela. Entretanto, Ryu tem uma filha a qual busca há tempos e pretende primeiro achá-la, o que faz com que Mi Joo decida ajudá-lo da forma possível. Os dois ao decorrer dos episódios, vão demonstrando o que verdadeiramente sentem um pelo outro e são obrigados a fazer escolhas que poderiam ou não deixá-los juntos no final. 
P.S.: Eu torci muito para estas duas criaturas (muito meeesmo!). 
  • Kwak Heung Sam (Lee Beom Soo)
O presidente do sistema da Estação de Seul foi outro personagem bem marcante. De início, parece que apenas quer se tornar o cara mais rico e poderoso, porém ao decorrer dos episódios, demonstra que na verdade, busca algo muito maior, uma vingança pessoal, a qual dedicou toda sua vida. Apesar de ser meio que o vilão da trama, não o odiei, na verdade, este era outro personagem que considerei muito próximo da realidade. Afinal, é até considerável ele querer vingança (vão entender quando verem o dorama), o que o prejudicou foi que à medida que buscava conquistá-la ficava cego e se tornava mais distante de ser uma boa pessoa. 
  • Shin Na Ra (Seo Ye Ji)
Outra personagem que gostei bastante foi a Na Ra. A moça trabalha em um clínica que atende os mendigos da Estação de Seul e ajuda nas horas vagas, no restaurante da avó. Ao se aproximar mais dos mendigos, equipe do Tae Ho, passa a se relacionar mais com o mesmo e até desenvolver uma proximidade para com o moço. Apesar dela não ter tido tanto destaque, acho que seu papel na trama foi bem explorado, ter uma personagem do tipo "mocinha super boazinha" trouxe um ar mais calmo em alguns momentos da história. E a Na Ra conseguiu ser uma mocinha fora do clichê, estava disposta a ajudar a todos mas não colocava seus sentimentos em primeiro lugar, antes de tudo buscava viver sua vida de acordo com seus desejos e ambições. Pode-se dizer que a moça foi um exemplo de personagem feminina que demonstra uma mulher forte e simples, outra que trouxe uma maior realidade para Last.

4) Mantis (Kim Hyung Kyu)


Mesmo com todos estes personagens que me cativaram e me fizeram curtir bastante Last, o principal motivo de eu ter sido tão cativada, sem dúvidas, foi esta criatura aqui. Ele por si só é um grande motivo para Last merecer ser visto! O melhor serviçal/ guarda costas/ secretário/ faz tudo e mais um pouco/ já visto no mundo doramático. O Mantis trabalha para o Presidente Kwak e o obedece sem sequer questionar o motivo por trás da ordem, seja bater ou até mesmo matar alguém, ele simplesmente, faz tudo que o Kwak quer. Me chamem de louca, mas mais uma vez surtei acompanhando o vilão do dorama (assim como em
  I Remember You e Gap Dong) e tinha como não prestar atenção neste moço? 


O rapaz era tão sério e frio que realmente fiquei totalmente encantada com seu jeito e fidelidade. Não conhecia o ator mas sério, é outro que terei que procurar outros trabalhos para ver depois (em uma posição anterior que a do Yoon Kye Sang, claro), se alguém aí sabe onde posso encontrar download dos outros doramas/ filmes/ comerciais de margarina/ com o moço, deixa nos comentários, por favorzão.

 
Mesmo com todas as maldades que meu vilãozinho querido fez, torci sim para que ele tivesse um bom final e não pagasse por tudo que tinha feito (podem me julgar, tô nem aí /haha) mas sério, seria pedir demais ele virar uma boa pessoa no final? Sei que era algo "sonhar alto" porém, mesmo assim, sonhei /rs. P.S.²: Vocês não tem noção do quanto torci para esta criatura sorrir em algum momento do drama: UM VERDADEIRO SONHO IMPOSSÍVEL!

5) Final incrivelmente satisfatório

Como sabem, é raro encontrar um dorama em que o final seja realmente bom e não estrague toda a beleza anterior da trama. Pois bem, Last conseguiu isto de forma até surpreendente, pois o ritmo se manteve até o último instante, com maestria o roteirista trouxe um último episódio do tipo que faz o telespectador ter certeza de que valeu muito a pena ver cada segundo do drama inteiro, inclusive o fim. Os finais dos personagens foram bem justos (apesar de que eu ainda não concordo com dois especificamente, até entendi o porquê de terem determinados fins, mas gostava muito dos personagens e não queria aquilo) e a trama em si concluiu-se da forma como começou, com originalidade. Podem conferir sem medo!

6) Trilha Sonora

Totalmente condizente com a trama, duas músicas temas marcam Last:

Last - Seomoontak feat Rocky L - 
Para os momentos de luta/pancadaria/ cenas de ação , haha!


E para quebrar um pouco a tensão, a fofa Blossom - Jelly Cookie -
 dando um tom romântico na trama <3


Conclusão: Last é um dorama bem diferente do comum, aquele que é a proposta perfeita para quando estamos no momento "não quero ver drama clichê cheio de romance". Com personagens bem construídos que são ambientados de maneira interessante na trama contribuindo para criar um cenário instigante para o telespectador até o último capítulo. Tornando possível, desdobramentos bem elaborados passando longe de tornar tudo monótono e pouco convidativo para quem assiste. Se você procura algo diferente no mundo doramático, aqui está minha recomendação! Espero que tenham curtido e claro, comentários são sempre bem-vindos! 
P.S.³: Ainda esse mês teremos o ~KPOPANDO, aguardem! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Compartilhe