22 agosto, 2015

Bridal Mask [K-Drama]


Não costumo ver dramas de época, porém após a super indicação (cheia de gifs perfeitos) da Tânia em um dos grupos do facebook, decidi dar oportunidade a este aqui que estava há tempos na minha lista.

Bridal Mask



Sinopse: A história se passa em 1930, época da ocupação japonesa em território coreano. Um homem decide lutar contra as justiças que os japoneses cometem com os verdadeiros donos da terra em questão. Por usar uma máscara de noivado, fica conhecido como Gaksital (Bridal Mask) e assim passa a defender seu lar.
Título Alternativo: Gaksital
Gênero: Ação, romance,época,drama,policial
Ano: 2012
Nº de Episódios: 28
Onde encontrar: Meteor Dramas (necessário cadastro para download), Viki (online)


Como disse antes, não costumo ver dramas de época porém após fazer essa exceção para Bridal Mask, tive certeza de que doramas neste estilo merecem lugar na minha lista. Gaksital é o tipo de história que consegue realmente te prender e mesmo eu não tendo surtado horrores (em parte porque estava vendo muita coisa ao mesmo tempo), posso afirmar que este foi uma das melhores tramas que já vi em roteiros sul coreanos.

É difícil falar desse drama, a quantidade de reviravoltas que acontece é enorme. Por isso, alguns detalhes que direi são os que se desenvolvem logo nos primeiros episódios, nem se preocupem porque nem pode ser considerado spoiler tamanha as surpresas que vão aparecendo.


  • Personagens


Lee Kang To - Joo Won


Gostei tanto do Joo Won neste drama que imediatamente fui procurar outro trabalho do moço. De início, parece que o personagem será um insuportável, daqueles que quanto mais se vê, mais se odeia. Porém, ao decorrer dos episódios (que são muitos), muita coisa acontece e acaba afetando diretamente na personalidade e vida do Kang To. 


Ele é um policial que trabalha para os japoneses, só enxerga sua ambição e percebe da maneira mais trágica o quanto a palavra "controle" é importante. Após os chocantes eventos que acontecem (não posso comentar quais se não será spoiler), ele decide fazer algo por si mesmo e a partir daí, Gaksital entra em ação. E se preparem, a astúcia, inteligência e capacidade de pensar rápido do Kang To é admirável. Sua atuação nem preciso comentar (para evitar ataques fangirl). P.S.: Amava quando ele dizia "BINGO!" <3


Mok Dan - Jin Se Yun


Uma moça corajosa que enfrenta sem medo os japoneses da força policial. A Mok Dan trabalha em um circo, é doce porém forte, aquele tipo de mocinha que consegue cativar quem assiste, sua determinação em apoiar o movimento contra os japoneses e claro, ajudar Gaksital, é de fazer o telespectador torcer fervorosamente. Quando era jovem sua vida foi salva por um rapaz, o qual ela sempre chamou de jovem mestre, desde então o procura pois deseja poder agradecê-lo. 


Kimura Shunji - Park Ki Woong 


Sem sombra de dúvidas, minha maior surpresa do dorama. Inicialmente, Shunji é um professor na escola da cidade, se torna próximo da Mok Dan e até a ajuda algumas vezes. Mas, o personagem passa por verdadeiras transformações, mais que o Kang To, ele simplesmente vai se tornando outra pessoa, mesmo tendo um motivo muito forte para essa brusca mudança, de certo modo não concordava com seu jeito e nem as ações que tomava. Senti pena, raiva, vontade de matar, tristeza e muito mais, ao acompanhar todas as coisas que ele fazia. E o ator foi tão digno quanto o Joo Won atuando, Ki Woong arrasou, só digo isso. 




Chae Hong Joo (Ueno Ra Ra) - Han Chae Ah


A moça que estava sempre surpreendendo, Ra Ra teve sua vida salva pelo oficial Kang To um tempo atrás, ao retornar para a Coreia o encontra novamente, mal sabia ela que esse reencontro traria muitas situações inesperadas para ambos. A moça é uma dos responsáveis pela organização Kishokai (composta principalmente por policiais  que querem firmar o Império Japonês na cidade) e por esse motivo é uma das que precisa acabar com o símbolo de independência da cidade, o Bridal Mask. Quem sempre está ao lado dela parecendo uma sombra, é o Katsuyama (Ahn Hyung Joon), e sério pessoas, fidelidade resume esse cara. P.S².: Bem que o personagem dele poderia ter tido mais falas.


São muitos personagens, se eu for falar de cada um o post ficará gigante, tem a galerinha do circo onde a Mok Dan trabalha, os envolvidos no movimento de independência, o pessoal do Clube Angel e claro, os policiais, Abe, Koiso, etc, que sempre marcavam presença defendendo o império japonês. Para saber sobre todos eles, só vendo o dorama. Haha' 



  • Roteiro
Incrivelmente bem bolada, as reviravoltas só deixam o telespectador com mais vontade de devorar um episódio atrás do outro (só não fiz isso porque estava vendo muitos doramas ao mesmo tempo), o mais legal de Bridal Mask é a forma como conseguem equilibrar ação, romance e drama, se torna o tipo de história que definitivamente não se consegue abandonar, porque a curiosidade de quem acompanha é atiçada a cada capítulo.

Chegaram momentos em que eu já estava me perguntando o que poderia acontecer, daí as surpresas apareceram (e foram muitas, podem ter certeza), não tem como deduzir o que surgirá e isso só torna tudo mais interessante. Considero que foi um verdadeiro prazer conferir esta trama.

  • Considerações Importantes
  • Amizade Shunji e Lee Kang To


Essa amizade embalou o drama, o modo como exploraram isso foi incrivelmente ótimo. Preciso mencionar sobre os dois, pode considerar spoiler mas eu não acho, afinal como disse antes, muita coisa acontece no drama, então pequenos detalhes como esse não farão diferença, acreditem. No início temos um Shunji professor que sempre apoiou seu amigo Kang To, porém a vida dos dois muda drasticamente e ambos passam a protagonizar uma verdadeira luta. 

Shunji por um motivo pessoal entra para a polícia buscando capturar Gaksital, sem nem saber que este a quem procura colocar atrás das grades é seu até então, melhor amigo. Se preparem, porque ambos surpreendem nessa verdadeira guerra que se forma. A amizade entre eles é posta à prova e acreditem, vocês nem podem imaginar como isso acaba.


P.S³: Essa cena mudaria todo o curso da amizade dos dois: 






  • Romance

Logo após o primeiro episódio, eu já estava curiosa sobre como o romance iria se desenrolar porque os roteiristas nos dão vários motivos para pensar que esse casal seria muito improvável, porém eles conseguiram surpreender até nesse quesito. 


E o Joo Won + Se Yun se tornou um casal do tipo "dá para shippar", mas como eu sou chata e raramente me empolgo loucamente com casais em dramas (principalmente porque quero o oppa para mim e não para a atriz, rs), não shippei aqui. Mesmo assim, admito. Os atores conseguiram ter uma boa química e foram fofos juntos, as trocas de olhares são exemplo perfeito disso.


Amava as cenas que eles estavam meio que gato&rato. 







E quando eram carinhosos um com o outro ? Uma das cenas mais lindas é quando a Mok Dan percebe que o Kang To é o Gaksital, não vou dizer como aconteceu, só digo: achei foi muito fofa. <3

  • Triângulo/Quarteto amoroso

Como vocês já devem ter percebido, tem-se meio que uma confusão. Shunji gosta da Mok Dan que - está a procura do jovem mestre - passa a se interessar pelo Kang To que corresponde a moça sem saber que a Ra Ra está de olho nele. Pode parecer complicado, mas relacionaram tudo isso muito bem no drama, nem se preocupem. 

  • Fights incríveis


Como já sabem sou fã de dramas que tem pancadaria (acho que dá mais emoção, rs) e Bridal Mask é ótimo nesse quesito, lutas com espadas, socos, pontapés, tudo que tu imaginar. Até as moças protagonizam um fight em um determinado episódio. 
P.S.4: Voadora marcante do Gaksital , muahaha. 


  • Família do Lee Kang To

As cenas que mais me comoveram foram essas protagonizadas pelo Joo Won, Shin Hyun Joon (Kang San - irmão do Kang To) e Song Ok Suk (mãe dos garotos).

  • Joo Won



Posso afirmar que este incrível ator já entrou para minha lista de preferidos. E se você é fã dele, não deixe de conferir o drama, Joo Won está lindo/ perfeito/ arrasando/ e como sempre, sabe nos fazer se apaixonar por seus personagens e sua incrível atuação. 







E a cena dele cantando&dançando no Clube Angel ? OMG! Ele cantava "oppa" de lá e eu "oppa" de cá.






  • Gaksital = um símbolo
O herói da história na verdade é um símbolo que representa o quanto os coreanos queriam ser independentes dos japoneses, a forma como abordam o tema, o fato de termos todo um contexto histórico só tornou tudo mais interessante. Eu, particularmente, amei isso.


  • Final
Fiquei meio chocada com um certo acontecimento, confesso. Porém ao repensar, percebi que foi totalmente de acordo com a proposta da trama. Os roteiristas deram um show, para entender vocês terão que conferir. Haha' 
  • Extras
Achava engraçado quando alguém gritava: Gaksitaaaaaaaaaaal! (Só assistindo o drama para entender.) Ah, Abe dançando Oppa Gangam Style do PSY em 1930 (rsrs) foi mais engraçado ainda. Assistam e entendam! Haha' 



Trilha Sonora:

A mais linda, sem sombra de dúvidas era essa: Goodbye Day - ULALASESSION (o clipe tem cenas do drama,já estou avisando, rs.)


Mas a música tema mesmo, foi Judgement Day - Lee Jung Hyun feat Joo Won - sempre tocava quando as coisas estavam prestes a pegar fogo (em um determinado episódio as coisas literalmente pegaram fogo, rs). A canção é incrível, combinou perfeitamente com o enredo do dorama e o Joo Won arrasou no vocal. 



Eu achei esta música tão incrível que até fui procurar live, confiram:


Eu recomendo muito Bridal Mask, não só para quem curte drama épico mas também para quem (que como eu) não vê muitos deste gênero. Deem uma chance e é certeza de que não vão se arrepender. Ah, obrigada pela ótima recomendação Tânia! (:


2 comentários:

  1. Adorei sua resenha me deu vontade de ver super rápido ele.. Parabéns pelo blog :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço pelo elogio. Veja mesmo, este drama é merecedor de cada segundo visto. Em breve mais resenhas. (:

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Compartilhe