Menu

Noites de Tormenta - Nicholas Sparks [Livro]


Aquele tipo de livro que te faz pensar em como será sua vida após os 40, Noites de Tormenta traz uma reflexão sobre como para o amor não existe idade e nem hora para florescer.

Noites de Tormenta - Nicholas Sparks



Aos 45 anos, Adrienne Willis repensa toda a sua vida quando o marido a abandona por uma mulher mais jovem. Com o coração partido e em busca de descanso ela segue para a pequena cidade de Rodanthe, na Carolina do Norte, para cuidar da pousada de uma amiga, Quando uma tempestade terrível se aproxima, Adrienne começa a achar que sua fuga perfeita está arruinada - isso até a chegada do novo hóspede, o Dr. Paul Flanner. Aos 54 anos, o médico chega a Rodanthe para repensar sua profissão e relação com a família. Agora, em meio à tempestade que os cerca, os dois seres feridos procurarão conforto um nos braços do outro - e esse único fim de semana despertará sentimentos que irão acompanhá-los pelo resto de suas vidas. O título desse livro foi mudado de O Sorriso das Estrelas para Noites de Tormenta depois do sucesso do filme, que agora compõe também a capa do livro.

Título Original: Nights in Rodanthe
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 173
Ano: 2008
Editora: Novo Conceito

Como disse antes este livro nos faz refletir sobre como será nossas vidas aos 40/45/e por aí vai/ anos. Ao acompanhar nossos protagonistas, e conhecer a história de vida de ambos, é possível perceber que muitas vezes, as pessoas se contentam em apenas existir e não realmente viver.

Adrienne Willis é uma mulher que sofreu muito com sua separação aos 45 anos e após este acontecimento passou a se dedicar inteiramente aos três filhos, agora, ambos já construíram suas próprias famílias. Mas como a vida é totalmente incerta, sua filha Amanda acaba perdendo o marido e ao vê-la tão triste afundando em uma possível depressão, Adrienne toma uma decisão. Contará para Amanda algo que nunca imaginou sequer mencionar para um de seus filhos, uma história que nunca havia compartilhado antes, ela resolve falar tudo que ocorreu naquela inesquecível viagem para Rodanthe.

Viagem que se tornou memorável, pois ao ir fazer uma favor para sua amiga, na verdade, Adrienne faz um bem maior para si mesma. Lá, conhece Paul Flanner, um homem cujo passado também é repleto de superações, dores, e decisões que acarretaram na situação em que se encontra hoje. Ambos se tornam próximos e de uma maneira inexplicável começam a compreender um ao outro, a maneira como vão se tornando confortáveis em conversar sobre seus medos, frustrações e dificuldades é estranha para ambos, afinal, nunca tinham tido tamanha facilidade para se abrir com alguém.


E a partir destes momentos, Adrienne e Paul percebem, estão apaixonados. Vivendo um dos sentimentos mais puros que existem, uma relação a qual os dois sabem, é verdadeira. Mesmo os dois achando impossível algo assim acontecer na idade em que se encontram, o casal tem a certeza de que algo maior que atração surge entre eles, e sim, eles decidem aproveitar esta nova chance que o cupido lhes concedeu.

Não posso falar muito, pois o acontecimento principal do livro só terá impacto em vocês se não souberem do que se trata. Posso adiantar: fiquei surpresa com o que aconteceu, entendi a proposta do Nicholas e mesmo não concordando com o ocorrido, admito, tornou-se totalmente encaixável para a trama.

Achei logo de início a narração meio arrastada, principalmente quando o autor mencionava detalhes que para mim não adicionavam nada para a trama, porém, tudo bem. É o Nicholas Sparks e todo mundo sabe o quanto ele gosta de explicar sobre cada mínimo detalhe. Retirando isso, considero uma boa história, não daquelas lindas/perfeitas/OMG! Que incrível!/ maaas, no geral, curti ler. E sinceramente, Noites de Tormenta me fez refletir sobre o futuro, sobre como será quando eu tiver meus filhos e precisar exercer total responsabilidade por eles, o quanto eu irei estar satisfeita com o que adquiri através da juventude e claro, se estarei feliz com as escolhas que fiz nos anos passados.

Não tem como saber o que a vida reserva, portanto, uma das grandes lições que se pode retirar desta obra, é que se deve aproveitar o hoje. De forma responsável, sábia e intensa, porque o que sempre sobrará no fim, são as lembranças.

Frases:

" - Não, você correu por você. Só espero que esteja correndo para alguma coisa e não de alguma coisa."

" Quanto maior o amor, maior a tragédia quando acaba. Esses dois elementos sempre andam juntos." -Adrienne Willis

" Você é mais forte do que pensa, mas só se quiser ser." - Adrienne Willis

Recomendo este livro para quem deseja uma história simples, com um acontecimento marcante e uma bela mensagem sobre como para o amor não há idade.

Recomendo este livro para quem está a procura de uma história leve, porém, com um acontecimento marcante, e claro, uma boa reflexão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo