Menu

The Liar and His Lover [K-Drama]


Sabe aquele típico clichê que você inicia sem esperar muito mas acaba se surpreendendo com a simplicidade e leveza do enredo ao ponto de encantar-se totalmente pelo mesmo?! Pois bem, temos aqui um título que se encaixa perfeitamente nesta descrição e claro que eu não poderia deixar de comentar esse drama tão cativante...


Sinopse: Drama baseado no mangá ''Kanojo wa Uso wo Aishisugiteru''. Kang Han Kyeol é um compositor que se inspira pela voz dos outros. Ele esconde sua identidade das pessoas. Um dia ele conhece Yoon So Rim, uma estudante colegial com uma ótima voz e os dois se apaixonam.
Gênero: Comédia, Drama, Romance, Música, Amizade, Jovem
Nº de Episódios: 16
Ano: 2017
Onde Encontrar: Subarashiis Fansub (download/online), Fighting Fansubs (download/online), DramaFever (online)

- Enredo

O drama é baseado em um mangá chamado Kanojo wa Uso wo Aishisugiteru e também possui uma adaptação japonesa em forma de filme. Não li o mangá tampouco vi o filme, então a opinião que darei no post será exclusivamente em relação a esta versão coreana okay?! Ah! Mas se algum dia, eu conferir o mangá e/ou o jmovie trarei resenha pra vocês e quem sabe, até comento sobre as diferenças entre as adaptações. The Liar and His Lover conta a história de um produtor chamado Kang Han Kyeol, um jovem que inspira-se pela voz dos outros e possuidor de um notável talento para produzir músicas. Devido a esse talento, o rapaz torna-se produtor da banda Crude Play, banda que inicialmente participava como baixista ao lado de seus amigos, porém, optou posteriormente por tornar-se seu produtor e deixou a posição de baixista para outro jovem recém-chegado chamado Seo Chan Yeong. Han Kyeol esconde sua identidade e promove com a banda sob o nome de Produtor K, enquanto isso seus antigos parceiros de banda, Shi Hyun, In Ho e Yoon firmam o Crude Play ao lado de Chan Yeong. Certo dia, Han Kyeol está buscando inspiração para suas músicas e acaba conhecendo uma garota, o que ele não poderia imaginar é que continuaria a encontrá-la coincidentemente outro par de vezes, até que precisasse realmente aproximar-se dela por seus próprios motivos. Esta garota chama-se Yoon So Rim, uma jovem estudante que não consegue ser excelente em suas notas mas canta muito bem e sonha em um dia poder fazer desta paixão sua profissão.
Ao lado de seus amigos Jin Woo e Gyoo Seon, So Rim monta uma banda e os três juntos buscam por uma oportunidade para fazer sua estreia futuramente. Ao mesmo tempo, So Rim aproxima-se de Han Kyeol e começa a apaixonar-se por ele, sem saber que o rapaz esconde sua verdadeira identidade, ela nem imagina que o Produtor K de sua tão amada banda Crude Play está diante de seus olhos. Já o Han Kyeol age por seus próprios motivos e decide mentir para a garota, escondendo quem é. Basicamente, este é o enredo do dorama, é uma trama simplória mas que consegue te conquistar tamanha a simplicidade e leveza do enredo. Quem não curte clichês, não é mesmo?! E clichê cativante é praticamente obrigatório na lista! Enfim, The Liar and His Lover retrata temas que nunca cansamos de ver nas telinhas, temos a abordagem de como é o primeiro amor, amizade verdadeira, amor pela música e... "juventude", como ser jovem é o sinônimo de sonhar e buscar sua felicidade através do que se ama fazer. Tudo isto tem seu espaço na trama e a mesma tem um ritmo excelente, é tudo tão bem encaixadinho que não se torna chato, pelo contrário, os episódios passam rapidamente sem nem nos darmos conta disso. Fãs de clichê tão esperando o quê pra começar?!

- Personagens

Kang Han Kyeol (Lee Hyun Woo): O Produtor K! ~mais um "K" nas nossas vidas....

Han Kyeol inicialmente aparentou que seria um daqueles protas idiotas que ficam maltratando a mocinha e usando-a por seus próprios motivos e até que ele fez isso temporariamente, porém lá no fundo demonstrava que não era tão canalha. Pelo que li dos comentários na internet esta versão coreana do personagem foi menos odiável do que a original do mangá/filme, não sei porquê, mas mesmo sem ter visto as outras obras, sinto que esta foi a melhor versão do personagem. 
O rapaz sonhava formar uma banda ao lado de seus amigos, Shi Hyun, In Ho e Yoon, porém ao serem contratados por uma empresa, o CEO da mesma percebe que ele tem mais habilidade como produtor do que como baixista, então Han Kyeol assume o cargo de produtor e seus amigos, ao lado de um recém-chegado chamado Seo Chan Yeong formam a banda. Han Kyeol acaba realmente amando seu papel como produtor, sempre inspirando-se nas vozes que ouve. e dá um forte apoio a banda, sendo praticamente parte da mesma.
Apesar do personagem ter cometido alguns deslizes ao decorrer da trama, errando em algumas de suas ações, não o odiei, pelo contrário, apenas me encantei por ele. Han Kyeol apesar de errar, o que é comum pois somos humanos e sempre erramos sempre assumia seus erros e muitas vezes, sentia-se responsável pela banda Crude Play, chegando a assumir responsabilidades que não eram diretamente suas. Ele tinha um senso de dever para com os integrantes da banda que me deixava admirada, afinal a maneira como empenhava-se para que seus amigos pudessem percorrer seus sonhos de continuarem como cantores do Crude Play era memorável. Posso dizer que Han Kyeol foi um jovem adulto em muitos momentos e um jovem que tem suas incertezas, medos e receios sobre o futuro e o que fazer no presente, assim como qualquer outro teria. E esta abordagem do personagem só o fez ter uma "cara" mais realista, só o fez ser o retrato fiel de um jovem responsável tentando viver no mundo adulto. Nem vou comentar da atuação do Hyun Woo, admito que ele não é um dos meus ~oppas mais amados, mas desde Moorim School estou meio encantadinha por ele...

Yoon So Rim (Joy - RED VELVET): Não quero estudar, quero ser idol!

Enquanto que o Han Kyeol aparentava uma maturidade bem adulta, a So Rim tinha uma personalidade mais comum a adolescentes imaturos, a mocinha não chegava a ser infantil mas possuía uma ingenuidade marcante. So Rim não se dá bem nos estudos e ao crescer ouvindo sua mãe cantarolar para ela, percebeu o quanto também amava cantar e desde o falecimento de seus pais é criada por sua avó que lhe dá todo o apoio no sonho para ser cantora.
Ao lado de seus amigos de vizinhança e também de escola, Jin Woo e Gyoo Seon, ela decide montar uma banda e assim perseguir seu sonho. Eis que uma oportunidade surge e junto de seus amigos, So Rim forma uma banda chamada Mush&CO, aí eles acabam indo parar na mesma empresa responsável pelo Crude Play. So Rim e sua banda começam a ser produzidos por um dos integrantes do Crude Play, o Seo Chan Yeong, e ela não imaginava que o garoto com quem estava se encontrando, o Han Kyeol, era na verdade da mesma empresa e o famoso produtor da banda que é fã. So Rim foi uma prota idêntica aquelas de shoujo sem tirar nem pôr, o que tem até lógica sendo que o dorama é baseado em um mangá. Confesso que no início não curti muito a personagem, em parte porque achava a atuação da Joy meio fraca mas dei um desconto por ser seu primeiro trabalho, e depois acabei gostando mais da So Rim.
Comecei a reconhecer o quanto a So Rim era doce e verdadeira, sempre indo de acordo com seus princípios, cumprindo suas promessas e buscando apenas uma coisa, o sonho de cantar. Ela não se deixou levar pela ambição de tornar-se uma cantora de sucesso, ela queria isso mas apenas se fosse ao lado dos amigos que sempre a apoiaram e mais ainda, queria estar cantando com o coração, amava cantar e queria que suas músicas transparecessem isso. Justamente por sua personalidade tão verdadeira, sincera e meiga acabei, no fim, gostando da personagem.

Banda Crude Play

E obviamente eu tinha que comentar da melhor banda fictícia deste ano, a qual poderia ao menos fazer uma apresentaçãozinha no Music Bank ou Inkigayo, né não?! Sério, acho que não custaria nada reunir os atores para uma interpretação ao vivo da OST - maravilhosa que comentarei no fim do post! - do dorama! Só eu que sou A ILUDIDA e estou esperando o debut do Crude Play?!?!

Yoo Shi Hyun (Kim Sung Joo - UNIQ): Líder / Vocalista Principal/ Roubou meu coração!

E eu não poderia iniciar por outro personagem se não o Shi Hyun, o melhor líder que você respeita! Sério gente, eu AMEI MUITO este personagem! Shi Hyun é descolado, sempre agindo esbanjando charme, aquele ~oppa que só de aparecer na cena já te faz gritar "mozão!", sabem como é né?! Assim como o Han Kyeol, Shi Hyun sente-se responsável pela banda, em parte por ser o líder e mais ainda por preocupar-se verdadeiramente com seus amigos.
Foi sem sombra de dúvidas, o personagem mais encantador da trama e quase que eu roubava o título de protagonista e dava pra ele só para essa pessoinha aparecer em 99% das cenas. E como se não bastasse ele por si só para me encantar, ainda engatou um romance secundário - comentarei abaixo! - que me fez morrer mais ainda de amor por ele, afinal como não morrer com essa criatura jogando charminho na escolhida hein?!
Já quero/preciso/necessito/ desse ator em outro dorama e se possível como protagonista pra eu morrer de vez! Estou aguardando loucamente esta notícia... ~ cruzando os dedos~
~eu tô MUITO apaixonada!~

Seo Chan Yeong (Lee Seo Won): Baixista mais lindo não há!

Esse dorama estava repleto de colírios viu?! Um deles é o baixista do Crude Play, o Seo Chan Yeong, o moço que entrou na banda como substituto do Han Kyeol já que ele decidira tornar-se um produtor. Chan Yeong se sente em falta como baixista e mesmo sabendo que é talentoso no que faz, ainda tem um certo ciúme do Han Kyeol pois parece que o CEO da empresa não enxerga suas capacidades da mesma forma que enxerga as do Produtor K. Ele deseja reconhecimento e para ele, até mesmo seus parceiros de banda não o enxergam como deveriam, o que o faz sentir-se solitário algumas vezes. É como se o Chan Yeong sentisse que é substituto do Han Kyeol em todas as áreas, como baixista e amigo dos demais integrantes do Crude Play e justamente por este motivo, ele sente-se deixado de lado.
Ao conhecer a So Rim e ver como ela o apoia e reconhece o esforço dele, o rapaz começa a interessar-se por ela de outro modo, e pra piorar a situação ainda tem como competidor na busca do coração da moça, o próprio Han Kyeol. Porém, o moço ganha o cargo de produtor do Mush&CO, a banda que So Rim e seus amigos formaram, e ele vê nesta a oportunidade perfeita para superar o Han Kyeol. Chan Yeong chegou a me fazer pensar que seria um protótipo de vilão devido a este possível triângulo amoroso e sua rivalidade para com o Han Kyeol mas acabou tornando-se um forever alone bem resolvido com seus sentimentos, não deixou de ter uma breve sofrência, mas no fim soube resolver o que sentia. AMEI ver o Seo Won neste dorama afinal desde Uncontrollably Fond tinha ficado de olho nele e aqui, o rapaz tá mais bonito! Olha, impossível não se encantar com este ser! 
~Esse sorriso... ~

Ji In Ho (Jang Ki Yong) & Lee Yoon (Shin Je Min): Dupla meio secundária mas carismática!

In Ho é o baterista do Crude Play e o Lee Yoon é o guitarrista. Confesso que achei os dois meio "figurantes", mas é até compreensível, afinal em uma trama curta com tantos personagens não dá pra focar em todos né?! O que importa é que In Ho e Yoon formaram o Crude Play, fazendo parte do grupo de amigos mega carismáticos do Han Kyeol, na verdade, os únicos que ele tinha pois o Crude Play era a única amizade que ele tinha. Nossa! Fui meio má com o Han Kyeol! kkk' Esses dois foram encantadores, tiveram um certo espaço na trama e personalidades próprias, destaque para o In Ho que surpreendeu com certa atitude no penúltimo episódio do dorama, frisando o que se é capaz de fazer pelos amigos. Apenas encantem-se com esses dois!

Chae Yoo Na (Hong Seo Young): E não é que ela NÃO foi megera!

Eu JURAVA que esta menina seria uma megera chata/ antipática/ insuportável/ mas me enganei. Yoo Na é uma solista na mesma empresa do Crude Play e inicialmente namora o Han Kyeol, porém tem que dividi-lo com a música. Confesso que fiquei confusa com esta personagem, primeiro ela namora o Han Kyeol e parece gostar mesmo dele, entendi que sofria com a incapacidade do Han Kyeol de ser menos louco por música, mas aí do nada ela se interessa por outro personagem, o CEO Choi, e deixa o louco produtor de lado. Porém, quando a So Rim aparece e o Han Kyeol demonstra estar interessado nela, Yoo Na ficou meio lá e cá, oscilando entre o que sentia pelo Han Kyeol e pelo CEO Choi e eu ficava apenas "minha filha, decida-se!".
Só depois de analisar a personagem bem detalhadamente percebi que ela estava apenas com ciúmes do que a So Rim fora capaz de mudar no Han Kyeol, tudo que ela não conseguiu. Aí achava que ela seria mais genuína em relação ao que sentia pelo CEO Choi, mas não é que ela pareceu meio zzzz... Ao menos pra mim, os sentimentos da moça não pareciam ser verdadeiros. No fim, Yoo Na foi uma personagem que oscilou entre uma secundária carismática com seu "ar" de mulher determinada e um protótipo de megera que precisou ouvir umas verdades do Shi Hyun (AMEI quando ele fez isso!)... É, nem todo mundo consegue ter uma personalidade sólida né?!

Choi Jin Hyuk (Lee Jung Jin) & Yoo Hyun Jung (Park Ji Young): CEOs...

Choi Jin Hyuk é o CEO da Sole Music, uma espécie de subsidiária da WHO Entertainment administrada pela CEO Hyun Jung. Jin Hyuk é quem administra diretamente o Crude Play, a carreira solo da Yoo Na e posteriormente do Mush&CO, sendo o CEO responsável por eles. Temos aqui um personagem que me surpreendeu, conseguiu me causar umas raivinhas básicas devido a algumas de suas atitudes ao desenrolar da trama mas não o odiei no fim das contas. Entendi que o CEO Choi apenas acabou deixando, em alguns momentos, a ambição subir-lhe temporariamente à cabeça, e que no intuito de fazer o que achava melhor acabou fazendo o pior, o que é normal de acontecer já que ele era apenas um ser humano.
Por outro lado, Hyun Jung conseguiu ser uma ambiciosa que só pensa em lucro do início ao fim, achei que conseguiria gostar dela em algum momento e a personagem era até legalzinha quando estava ao lado do pai do Han Kyeol, mas no fim, ela foi apenas uma CEO que preocupava-se com os lucros e nada mais que isso. Com este dois personagens temos um retrato de como a industria é competitiva e cheia de "tretas", sério gente, a gente acha que kpop e só "flores" mas certeza que tem é MUITA treta nos bastidores...

Baek Jin Woo (Song Kang) & Lee Gyoo Seon (Park Jong Hyuk): Aaaahh, esses dois *.*



Os parceiros de banda da So Rim foram outros dois moços encantadores, impossíveis de não amar! Jin Woo esconde seus verdadeiros sentimentos pela So Rim - que mel é esse hein So Rim?! - e quem o apoia dando todo o suporte é o Gyoo Seon. Esta dupla demonstrou o poder de uma verdadeira amizade e conseguiram ser mega carismáticos, fiquem de olho neles! Além de que, Song Kang é uma coisinha muito apertável viu?! Outro que quero ver em dorama futuramente... 

Kang In Woo (Choi Min Soo): Ahjussi pai mega carismático!

Seria uma ofensa eu não mencionar o pai do Han Kyeol, afinal o ahjussi aqui esbanjou carisma em todas as suas cenas, sendo mega divertido sempre que aparecia. O moço conhece a So Rim inesperadamente sem nem imaginar que é ela quem está envolvida com seu filho, e logo os dois criam uma amizade daquelas bem legal de se ver. Sua relação com o Han Kyeol no início não é muito boa, e eu até pensei que teríamos mais ênfase nisso, mas não foi exatamente assim. Outro ponto no qual senti uma falta de ênfase foi na amizade e relação passada entre ele e a CEO Hyun Jung, achei que tudo foi meio que jogado e não tão bem explicado, deu para entender o que tinha acontecido mas pareceu que fizeram um alarde no início pra nem usar depois...

Kim Soon Hee (Im Ye Jin): Aquela vovó amada! *.*

Outra que merece menção mesmo que breve é a avó da So Rim, afinal ela criou a neta com todo amor e carinho depois da morte dos pais dela e sempre a apoiou na escolha de ser cantora, respeitando a decisão da So Rim e sendo uma base de força para a mesma. Vovós são nossas segundas mães e não há ditado mais certo que este. As vovós do mundo foram bem representadas por esta ahjumma aqui.

Yeon Soo Yeon (Lee Ha Eun): A melhor manager que você respeita!

Soo Yeon trabalha na Sole Music e toma conta de muitos assuntos do Crude Play, posteriormente torna-se a manager do Mush&CO, assumindo este papel magnificamente. Age como adulta responsável das crianças e toma conta delas em todos os aspectos, sendo um apoio incondicional, uma quase mãe mais para irmã né?! Impossível não amar a personalidade adulta e madura da personagem, além de que, vê-la tentando resistir ao charme do Shi Hyun era divertido. Admiro essas moças que resistem aos ~oppas, se fosse eu me jogava meeeeesmo!

- Romance principal: Eu gosto da sua voz! vs Eu gosto de você!

O romance principal foi bem típico de shoujo também. Temos um garoto que inicialmente só está atrás da mocinha por seus próprios motivos, além de estar muito mais interessado na voz dela do que em qualquer outra coisa. Han Kyeol ama ser produtor e após ouvir a voz da So Rim deseja que um dia possa ouvi-la cantar suas canções e quando descobre que a moça está prestes a debutar no Mush&CO, sendo parte de sua mesma empresa, tenta esconder dela sua identidade como Produtor K do Crude Play. É como se ele simplesmente optasse por ir levando a mentira até certo ponto, é tipo "vou deixar ver até onde vai porque me falta coragem pra falar a verdade agora!", com isso, ele continua mentindo para a So Rim mas aproximando-se cada vez mais dela e apaixonando-se gradativamente.
Han Kyeol namorou a Yoo Na inicialmente, mas era o tipo de namoro que parecia ser mais por comodismo do que por qualquer outro sentimento, pois ele não conseguia ser sincero para com ela. O rapaz amava loucamente a música, criar melodias/letras/ e por causa disso, esquecia de ser um bom namorado, o que fazia a Yoo Na sentir-se em segundo plano na vida dele. Porém, ao conhecer a So Rim, Han Kyeol descobre como é gostar de alguém verdadeiramente, querer estar ao lado da pessoa e poder fazer dela parte de sua vida, sentimentos que até então não experimentara.
Por outro lado, So Rim apaixona-se imediatamente pelo Han Kyeol e com aquele jeitinho inocente joga-se de vez no romance. A forma como a moça demonstra seus sentimentos tem aquela característica de primeiro amor, a timidez quando se está ao lado de quem gosta, os pulinhos de alegria quando é notada pelo rapaz, e justamente pela personagem ser totalmente sincera, seu romance é envolto nisso e transmite sinceridade.
Admito que não surtei horrores pelo casal principal - isso ficou à cargo de outro casal! - porém, eles conseguiram ter uma química leve e doce, teria sido melhor se a atuação da Joy me convencesse mais mas como mencionei anteriormente, por ser o primeiro trabalho da moça, relevei. O mais legal do casal principal é poder ver como os sentimentos que a So Rim desperta no Han Kyeol o fazem tornar-se uma pessoa melhor e mais honesta consigo mesmo, ele começa a falar mais sobre o que sente verdadeiramente e vê na moça um apoio em diversos momentos, retratando o que um companheiro deve ser na vida do outro. Justamente por isto, acabei curtindo o casal mais do que pensei que curtiria.

- Romance Secundário: SHIPPEI MUITOOO!

Se eu shippei horrores neste dorama foi por culpa do casal secundário: Shi Hyun + Soo Yeon. Sério gente, como não shippar loucamente estes dois?!?! Uma pena que eles não tenham tido taaanto destaque e eu apenas ficava esperando ansiosamente por mais cenas em que eles interagissem, pois a química dos atores transbordava.
Soo Yeon tenta fingir que não gosta do Shi Hyun, que não tá nem aí pra ele e tudo mais, enquanto o rapaz fica só jogando charme... Ela tem um certo motivo para fugir dele, até entendi maaas... Eu ficava era gritando "minha filha, pega o ~oppa logo!" porque ficar fazendo graça com um ~oppa desses na lista de pretendentes não dá né?!
Foi o tipo de casal secundário que conquista, tanto pela troca de olhares quanto pela interpretação realista, principalmente nas cenas de beijo... As quais foram melhores do que as dos protas viu?! Enfim, VIVA AO MEU SHIPP! ♥♥

- Extra: Possível shipp... (im)possível...

Temos que admitir que ver o Chan Yeong na friendzone não foi nada fácil - na verdade, foi um desperdício de ~oppa- , pelo contrário, causou uma ligeira dor no coração. O rapaz foi uma fonte de apoio e consolo para a So Rim em vários momentos, sendo aquele amigo maravilhoso que te ouve, aconselha e anima nas horas mais difíceis.
E olha, se eu não estivesse surtada pelo casal Shi Hyun+Soo Yeon teria shippado muito errado, pois teria ficado iludidamente torcendo para Chan Young + So Rim, o que é bem compreensível levando em conta quão maravilhoso o rapaz era para com ela. Quero um amigo desses na minha vida!... Enfim, pessoas que tendem fortemente a shippar errado nos doramas, aconselho já irem preparadas quando verem este título, Chan Yeong tornará sua vida difícil...

- Último Episódio: É... Esperava Mais... MAS...

Confesso que esperava um pouco mais do final, não que o mesmo tenha sido ruim foi bem aceitável, mas achei mega simplório considerando o que a reta final tinha proporcionado. Entretanto, gostei muito de como tudo se resolveu, dos fins dos personagens, de poder ver alguns se redimindo de seus erros, outros buscando seguir em frente de acordo com o que acreditavam ser certo, foi uma simplicidade de acordo com o enredo do drama, então eu que não deveria ter esperado muito, não é mesmo?! Enfim, podem ficar tranquilos que se não criarem altas expectativas, o final irá satisfazê-los muito.

- OST

E como essa resenha já está gigante - preciso aprender a ser mais objetiva! - encerro com a OST maravilhosa do dorama. Como a trilha sonora INTEIRA é ótima e não dá pra colocá-la toda aqui, vou deixar abaixo as faixas que mais gostei, aquelas que me farão lembrar do drama imediatamente quando ouvi-las. E o melhor de tudo é que as canções são interpretadas pelos atores, os covers feitos por eles também foram ótimos, gostei principalmente do cover da música Nowadays You Are - J Rabbit mas admito que o cover de Me Gustas Tu- GFRIEND também ficou legal...  O último vídeo é o concerto que o elenco fez como encerramento, não deixem de assistir! E olha, quero o debut do Crude Play pra ontem! #sou iludidaa! Espero que tenham gostado da resenha, comentem abaixo o que acharam de The Liar and His Lover pois quero muito saber se curtiram tanto quanto eu... Até o próximo post! :*

In Your Eyes - Crude Play - Minha preferida!



PeterPan - Crude Play - A voz do Sung Joo nesta música me dá uns coiso... 



Shiny Boy - Joy



Concerto do elenco:



2 comentários

  1. Um kdrama muito bom que podes ver é o Healer. Acho que vais gostar. De resto gosto muito dos teus posts, são muito esclarecedores e contribuem para a minha escolha quando se trata de assitir a dramas asiáticos.
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi :D
      Na verdade, já vi Healer mas na época ainda não tinha o blog, por isso não tem resenha dele. Porém, pretendo revê-lo e quando o fizer, trarei uma resenha. Mesmo assim, obrigada pela indicação! ^^
      Ah, fico feliz de gostar dos meus posts e mais ainda por saber que contribuem nas suas escolhas. Obrigada pelo comentário, são comentários como o seu que me incentivam a continuar escrevendo. Volte sempre! ^^

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo