Menu

Quem é você, Alasca? - John Green [Livro]


Hoje eu trago a minha primeira resenha sobre livros aqui no blog. Escolhi este livro por ter sido o último que li atualmente e por ser do John Green,não me considero fã dele mas gosto muito da escrita e da forma como ele consegue conduzir e contar uma história. Bom, então vamos lá:

* Miles Halter leva uma vida sem graça e sem muitas emoções na Flórida. O garoto tem um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história, e uma dessas personalidades, François Rabelais, um escritor do século XV, disse em seu leito de morte que iria em busca de um Grande Talvez. Para não ter que esperar o próprio fim para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para um internato no ensolarado Alabama, onde conhece Alasca Young. Ela tem seu livro preferido, O general em seu labirinto, de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: Como vou sair desse labirinto? Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, e o impacto da garota em sua vida é indelével.

Título Original: Looking for Alasca
Autor: John Green
Páginas: 272
Editora: Intrinseca
Ano: 2014

Miles é um tipo de garoto que vivia sua vida sem ter um sonho,amigos ou mesmo um propósito e ao surgir a oportunidade de poder buscar tudo isso, ele decide tentar.

Ele vai estudar no mesmo internato que seu pai estudava e lá conhece Chip e Takumi,garotos que se tornariam seus parceiros, conhece também a inigualável Alasca Young, uma garota definitivamente imprevisível e que acaba conquistando-o de forma arrasadora, Miles se apaixona por ela mas tem um problema- Alasca já é comprometida.

O importante aqui é ressaltar que a história do livro não trata de um triângulo amoroso ou de um garoto que queria apenas fugir de sua antiga vida. Miles estava entendiado de uma certa forma e foi atrás de experiências novas mas claro que Green não iria simplesmente contar uma história simples e comum, afinal ele é o tipo de autor que utiliza seus personagens para fazer o leitor se identificar e analisar a situação de forma a se pensar em como você agiria no lugar do personagem naquela situação.

O livro é dividido em duas partes: Antes e Depois. Não posso dizer exatamente antes e depois " de que " para evitar spoilers mas digo para vocês que levei um soco no estômago ao descobrir e percebi o que realmente o autor queria passar e o que queria contar com esta história. 

Lendo o antes você conhece a rotina de Miles no novo colégio com o Capitão(Chip- seu mais novo amigo,famoso por ser um dos pregadores de trotes), o Takumi (que também acaba se tornando seu amigo) e claro, Alasca - a garota que ele mesmo define como " um furacão". Ver a amizade que vai se formando entre eles é muito interessante e emocionante de acompanhar porque de certa forma é real comparando a como nós jovens nos aproximamos uns dos outros e construímos nossos laços de amizade,como vamos compartilhando tristezas,segredos íntimos e experiências,Green transmite isso muito bem neste livro.

Mas aí chega o depois, e somente nessa hora você leitor percebe que John Green queria passar uma mensagem muito maior,achei surpreendente e parei para pensar sobre o acontecido, sobre como ás vezes em um certo momento ao não tomarmos a decisão certa ou simplesmente agirmos cotidianamente achando que nada de ruim acontece ao nosso redor,apenas com os outros, podemos cometer um erro grave e acabar acarretando em algo muito maior,um momento de arrependimento,culpa e dor.

Frases: 

"Nunca deixaremos de ter esperança, pois nunca quebramos de um jeito que não tenha conserto." - Miles Halter
Se pudéssemos ver a cadeia infinita de consequências de nossos menores atos ... Mas não temos como saber disso até descobrir que é inútil. " - Miles Halter

Para quem ainda não leu o livro, eu super recomendo e o post acaba aqui a não ser que você queira uns spoilers (rsrs)Para quem já leu o livro, continue lendo o post,porque ainda preciso fazer alguns comentários.

ALERTA DE SPOILER

Eu não poderia apenas comentar deste livro sem falar do que mais me tocou nessa história. Fiquei muito surpresa e triste com o que aconteceu, eu não esperava que a Alasca morresse daquela forma, o motivo de ela ter pego o carro,o fato de ninguém tê-la impedido de dirigir sendo que ela estava bêbada,a forma como Chip,Miles e Takumi apenas não pensaram no que poderia acontecer, tudo foi magnificamente escrito. Green mostrou como os jovens podem ser inconsequentes e como podem com suas próprias mãos destruir suas vidas. Ter que dizer adeus tão cedo a amiga e ainda lidar com o sentimento de culpa porque ambos não tinham a impedido de dirigir, o fato de ter que lidar com o luto é sufocante e você sente isso ao ler o livro.

Ambos,Miles,Chip e Takumi (que chegou a encontrá-la antes de ela entrar no carro mas não a impediu), poderiam ter feito algo mas não fizeram e isso não os torna pessoas ruins,afinal eles não podiam ver o futuro,ver que a amiga deles morreria de uma forma tão trágica. Isso nos faz refletir sobre como as pessoas que amamos podem um dia estar aqui do nosso lado e que logo após de uma hora,uma noite,um dia,podem não estar mais.Que se deve aproveitar cada momento como se fosse o último por mais que isso pareça clichê.

E para nossos personagens só restou lidar com o luto e seguir em frente, manter a esperança,tentar ser feliz, continuar a viver. Porque por mais triste que é quando se perde alguém,nós continuamos vivos.

John Green soube magnificamente falar sobre relacionamentos,erros com suas consequências e luto na juventude, a época em que achamos que somos invencíveis e que nada de ruim pode nos acontecer e como estamos enganados em relação a isso, não somos invencíveis porque nada de ruim pode acontecer posteriormente e sim porque temos a esperança de um futuro,assim como o próprio Miles concluiu nas últimas páginas do livro.

Enfim, eu super recomendo esse livro e espero que gostem.

2 comentários

  1. Belas palavras Lu!! Realmente ele mostra no livro o que de fato acontece na juventude, a história no geral é maravilhosa e de um ensinamento importante, por mais que seja clichê, sim é uma mensagem que devemos lembrar todos dias que não somos invencíveis e que a qualquer momento algo pode acontecer e modificar nossas vidas e de outras pessoas. Mas uma coisa que me incomodou foi o modo como ele escreveu, achei a leitura meio cansativa, mas quanto a isso é só minha opinião de eventual leitora que não gosta de ler kkkkk..
    Muito obrigada pela postagem, adorei ler seus pontos de vista do livro. Continue postando sobre livros, lerei todas as postagens kkkkk....Estou comentando para te dar moral :) lembre da opção 'curtir', eu curtir!

    ResponderExcluir
  2. Mas sua opinião também é válida, Mae. É apenas a forma como você interpretou e leitura é sempre assim mesmo, cada um interpreta de uma forma. Continuarei postando sobre livros sim e leia mesmo, kkk. E já coloquei a opção curtir e compartilhar, obrigada pela sugestão. (:

    ResponderExcluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo