Menu

Beautiful Gong Shim [K-Drama]


Inicialmente, eu não iria colocar esse dorama na minha enoorme lista, porém após algumas recomendações e comentários tão positivos sobre o mesmo, decidi dar uma chance pra ele. E eis que acabei curtindo e me envolvendo com os personagens, afinal eram todos extremamente cativantes, principalmente o trio principal, o qual soube conduzir o enredo com uma leveza nem sempre presente em dramas do gênero.

Beautiful Gong Shim




Sinopse: O drama conta a história de dois homens e duas irmãs. A irmã mais velha sempre teve tudo, incluindo beleza, a preferência dos pais e um bom emprego, enquanto a irmã mais nova tem apenas um bom coração. Um dos homens é um advogado do povo que mora em um "apartamento" no telhado da casa das irmãs, o outro é o filho de um grupo Chaebol. [Fonte:Kingdom Fansubs]
Gênero: Comédia, Romance
Nº de Episódios: 20
Ano: 2016
Onde Encontrar: Viki (online), Kingdom Fansubs (download)

- Enredo

Beautiful Gong Shim conta a história de, obviamente, Gong Shim. Uma garota que devido à um estresse acaba usando uma peruca para disfarçar sua queda de cabelo, sendo o grande motivo por trás dessa aflição a sua falta de sorte em conseguir arranjar um emprego. Além disso, por vezes, acaba negligenciada pelos pais, já que sua irmã mais velha é a bonita e bem sucedida da família, sempre obtendo vantagem sobre ela. Gong Shim está à procura de um emprego e para obter uma renda extra, aluga o quartinho localizado no terraço de sua casa, logo conhece o Ahn Dan Tae, um homem desleixado que poderia muito bem se passar por um mendigo sem grande esforço. O Dan Tae acaba aproximando-se da moça, praticamente perseguindo-a, pois irritá-la torna-se prazeroso pra ele, enquanto isso, ela tenta livrar-se de toda essa perseguição. Além de conhecer a Gong Shim por acaso, ele acaba conhecendo e aproximando-se também do Seok Joon Soo, o herdeiro o Star Group (grupo de conglomerado empresarial) que é um cara simples, responsável, e extremamente atencioso para com sua família, principalmente sua mãe. Joon Soo conhece a Gong Shim através do Dan Tae, e uma forte amizade surge entre os três. Outro ponto bem interessante do enredo é o mistério em relação à família do Joon Soo, seu primo sumiu há 26 anos atrás e desde então, sua avó o procura incansavelmente, e como não poderia ser diferente, os roteiristas souberam inserir e conduzir este quesito de forma bem interessante na trama.

- Personagens

Ahn Dan Tae (Nam Gung Min)

O Ahn Dan Tae é o nosso protagonista masculino, e eu realmente curti ver o Gung Min em um papel de mocinho, me fez quase esquecer a birra que tenho com ele, e a raiva que senti com seu último vilão - afinal, fazer o Seung Ho sofrer daquele jeito em Remember - War of the Son foi maldade demais. Aqui, a criatura é desleixada, e por muitas vezes aparenta ser um sem-teto tamanha sua despreocupação com a vida e forma de se vestir. Na verdade, o rapaz é um advogado que ajuda pessoas pobres sem nem receber dinheiro delas, daí pode-se perceber quão generoso o personagem é.
 O Ahn Dan Tae foi um personagem carismático do início ao fim, sempre mantendo o bom humor, e buscando resolver tudo de forma justa. Mesmo quando algumas situações e verdades são descobertas sobre si mesmo, seu passado e etc, ele manteve seus princípios e provou que mesmo sendo brincalhão, sabia a hora de falar sério e agir como um homem responsável. A maneira como foi aproximando-se da Gong Shim e apaixonando-se por ela foi engraçada e fofa, sua mania de persegui-la na tentativa de irritá-la acabou tornando-o mais cativante, afinal sua personalidade era tão simplória que conseguia torná-lo único e consequentemente, um fofo, aquele rapaz que mostra suas qualidades aos poucos.

Gong Shim (Minah - Girl's Day)


A mocinha foi outra que conseguiu me cativar, justamente por ser um clichê bem único, com seu diferencial. Ás vezes, em doramas temos aquela prota feminina que apela para o lado aegyo, tentando convencer o telespectador de que ela deve ser amada. Porém, a Gong Shim o contrário, a moça era fofa sem nem se dar conta disso, justamente por sua personalidade sincera e carismática. Mesmo sendo inúmeras vezes negligenciada pelos pais, devido à sua irmã - a qual falarei mais à frente - ela não guardava rancor deles ou qualquer sentimento negativo, pelo contrário, apenas preocupava-se em conseguir alcançar suas metas, conseguir um emprego. Sua personalidade era agradável, sem qualquer apelo para fofura e etc, isso deve-se à atuação envolvente da Minah, que soube ser natural na telinha. Quando o Dan Tae começa a persegui-la, a criatura garante cenas engraçadas, agindo no estilo Gong Shim de ser, chegando a puxar o cabelo do moço inúmeras vezes.
E quando percebe seus sentimentos em relação ao desleixado, não fica esperando qualquer iniciativa da outra parte, apenas faz o que seu coração deseja, sendo firme e garota de atitude. Em relação a tudo, qualquer assunto, a Gong Shim era centrada e honesta, sempre sendo verdadeira, sem enrolação, era uma garota que sabia demonstrar o que sentia e tomava decisões quando necessário, justamente por estes motivos, ela me surpreendeu. Foi uma mocinha carismática, fofa sem nem perceber e totalmente verdadeira, como poucas que vemos em kdramas

Seok Joon Soo (Ohn Joo Wan)

E o outro constituinte do trio fofura era o Joon Soo. O herdeiro do Star Group era sempre focado em seu trabalho, entretanto, sabia ser atencioso e politicamente correto de uma maneira única. Joon Soo é aquele personagem secundário que conquista o telespectador sem grande esforço, isto por causa de suas inúmeras qualidades. Era um excelente filho, um maravilhoso neto - mesmo que sua avó, por vezes, não o tratasse da maneira que merecia - e um responsável diretor na empresa. Com tantas qualidades é difícil ignorá-lo, né não?! Além de tudo isso, ainda era um amigo para todas as horas, o que ficou perceptível tanto na amizade entre ele e a Gong Shim, quanto no bromance, em sua amizade com o Dan Tae. A escolha do ator foi perfeita pois o Joo Wan tem um rosto meigo que ajudou a compôr o seu personagem e torná-lo mais carismático visualmente. As atitudes do ser aqui foram as que mais me surpreenderam. - principalmente na reta final do drama - as quais apenas comprovaram quão bom rapaz era. O menino era fofo demais!

- Família da Gong Shim

Os pais da Gong Shim eram outros que conseguiram ser engraçados e carismáticos. Sua mãe, Joo Jae Boon (Oh Hyun Kyung) e seu pai, Gong Hyuk (Woo Hyun) eram fofos e divertidos juntos, sendo um casal até engraçado. Os dois se davam tão bem que eu passei a até shippá-los e gostar das cenas em que demonstravam afeto um pelo outro, afinal, ver romance gratuito de um casal tão visualmente diferente tornou-se outro diferencial do dorama. Apesar de no início eu ter sentido uma raivinha básica dos dois por negligenciarem a Gong Shim, aos poucos, entendi que eles apenas eram meio cegos em relação a este assunto, não enxergavam o que estavam fazendo, justamente por estarem "acostumados" a agir assim. Porém, ficou comprovado que ambos amavam suas duas filhas de maneira igualitária e sincera, e fariam de tudo para vê-las felizes.

- Gong Mi (Seo Hyo  Rim)


A irmã da Gong Mi foi a personagem que menos me cativou, achei a criatura uma chata, e tipo muito chata meesmo! A moça é advogada e por vezes, também negligenciava a irmã para obter qualquer benefício através disto, sendo a unnie mais falsa deste ano, pelo menos até agora. Conhece por acaso o Joon Soo e conta mentiras para aproximar-se dele, o que inicialmente era interesse, torna-se algo maior e verdadeiro, resultando em mais mentiras de sua parte. Achei que os roteiristas não a utilizaram muito, me pareceu que no início iriam querer utilizá-la como a megera da trama e lá pra metade do drama mudaram de ideia... Enfim, não achei que a personagem foi totalmente encaixada na trama, tornou-se até meio desnecessária, sendo que sua presença pouco fazia diferença, seja lá qual tenha sido o propósito desta personagem no enredo, o fato é que a achei uma chata.

Nam Soon Cheon (Jung Hye Sun)

E não poderia deixar de mencionar a vovó mais carismática do ano! A avó do Joon Soo foi uma verdadeira senhora de atitude, a qual marcava o telespectador com suas firmes decisões e personalidade forte. Seu maior sonho é encontrar seu neto desaparecido, e justamente por este motivo, acabava esquecendo de seu outro neto, causando sofrimento para o Joon Soo. Entretanto, como o rapaz era extremamente bondoso, minimizava as atitudes da avó e não guardava rancor, tentava entendê-la, sendo sempre um neto exemplar. O bom foi que a Soon Cheon soube reconhecer seus erros para com o neto e demonstrou que jamais o negara o amor avó-neto, apenas sentia-se culpada de dar-lhe este amor sendo que seu outro neto poderia estar sozinho e sem amor de alguém, sem amor de uma família, por isso acabava negligenciando o rapaz.

- Família do Joon Soo 

Além de todos os personagens, ainda temos a mãe do Joon Soo, a Yeom Tae Hee (Kyun Mi Ri) que por vezes, era a típica mulher que não faz nada de interessante na vida, só sabe gastar dinheiro. Entretanto, seu amor pelo filho era tão verdadeiro que ela ganhou meu mínimo afeto; Seok Dae Hwang (Kim Il Woo) - o pai do Joon Soo era um homem simplório, não fazia mal a ninguém, apenas preocupava-se em ser um bom presidente; Yeom Tae Chul (Kim Byung Ok) - o tio do Joon Soo, quanto à ele: só posso afirmar que detestei esse cara, para entender o porquê só conferindo o dorama.

- Romance fofo *-*


O romance foi encantador devido à fofura do casal, não tiveram aqueeeela química, porém, conseguiam ser fofos, culpa da naturalidade de ambos na telinha. O mais legal é a forma como o romance desenvolve-se, passando de uma perseguição unilateral do Dan Tae para com a Gong Shim, até uma amizade recíproca entre ambos, onde começa a surgir um sentimento maior e mais forte.
 Ambos agindo sempre, de acordo com suas personalidades, e como a Gong Shim era uma mocinha de atitude, não esperou pelo rapaz e foi sincera em relação ao que sentia. Aquele casal que conquista não pela química surtante mas sim, pelo leve entrosamento durante as cenas, não posso dizer que shippei fortemente os dois, maaas, afirmo que minha torcida estava com os dois - apesar de ter o Joon Soo ali no cantinho, chamando minha atenção... É o tipo de casal que conquista o telespectador, tu começa a sentir-se envolvido pelo carisma de ambos e quando percebe já tá shippando, mesmo que apenas um pouquinho... Ah! Eu gargalhava demais quando a Gong Shim puxava o cabelo do Dan Tae. Hhauhs' 

Passei a torcer pra Gong Shim ficar com o Dan Tae e o Joon Soo aparecer aqui, pra mim poder consolá-lo... Não me responsabilizo se vocês começarem a shippar errado...

- Final

O último episódio foi bem a cara de Beautiful Gong Shim, comprovou o ótimo ritmo do dorama e como os roteiristas souberam dosar bem o gênero comédia romântica com um drama básico... A proposta inicial da trama se cumpriu e mesmo sem desdobramentos surpreendentes - dava pra sacar tudo que iria acontecer ao decorrer dos episódios - conseguiu não torna-se chato e maçante assistir. Gostei dos fins dos personagens, embora um certo detalhe - típico em finais de kdramas - tenha me deixado meio chateada, - aquela velha mesmice de 1 ano depois - no geral, curti o último episódio e achei o final satisfatório.

- Considerações Finais

- Relação Joon Soo e Sua Omma <3

Eu amo demais quando temos um relação familiar bem retratada em uma trama, e como a Gong Shim e sua irmã não conseguiram destaque neste quesito, tive que me contentar com o Joon Soo e sua mãe. Os dois não decepcionaram e até o último episódio retrataram o amor incondicional que existe entre uma mãe e seu filho. Amava as cenas entre os dois, como eram carinhosos e atenciosos um com o outro, eram além de mãe-filho, amigos, e cá entre nós, esta relação é maravilhosa de se ver, né não?!

- Bromance - Joon Soo & Ahn Dan Tae

Antes eu não era muito fã de bromance, porém, de uns tempos pra cá, passei a gostar de ver a forte amizade entre dois meninos em um dorama, culpa dos recentes Cheer Up! Moorim School Em Beautiful Gong Shim não foi diferente, a amizade que cresceu entre o Joon Soo e Dan Tae foi bonita de se ver, não teve aquele apelo forte ao bromance, mas conseguiu chamar a atenção pois os dois atores realmente transpareciam ser amigos. Gostava muito das cenas em que os dois estavam juntos, e como o Joon Soo era todo politicamente correto e o Dan Tae era desleixado, ver os dois juntos causava um contraste muito legal e interessante de se ver! 

- Trilha Sonora

Várias canções embalaram Beautiful Gong Shim, algumas eu não curti tanto, outras realmente me empolgavam quando começavam a tocar, segue abaixo as minhas preferidas:

My Firt Kiss - interpretada pela Minah



Struggling To You - Woo YeRin



Coffee Boy - Found




- Conclusão: Beautiful Gong Shim é um dorama para quem curte comédia romântica sem grande carga dramática, com personagens carismáticos que conseguem te envolver e sustentar a trama sem grande esforço. É do tipo bem delícia de se assistir, conquista aos poucos e consegue ter um diferencial nas características dos protagonistas, para quem é fã do gênero, vale a pena dar uma conferida. P.S.: Gung Min de peruca divou demais! /KKK'/

2 comentários

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKK To rindo do ultimo gif (dele de peruca) Já faz 1 hora!

    Esse Drama foi muito delicia, ri demais e foi bem leve (ja tava cansado de sofrer com Dramas com uma carga dramática muito grande)

    "Coffee Boy - Found" entrou na minha playlist <3 , bjs.. Adoro o blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse último gif me conquistou, quando assisti o dorama morri de rir com essa cena. Daí encontrei esse gif quando estava fazendo a resenha e nada melhor do que ele para encerrá-la. Melhor momento do Gung Min KKKKKKK
      Foi uma delícia mesmo, também estava cansada da carga dramática de outros doramas e esse me animou! Coffee Boy Found é uma ótima canção mesmo!
      Obrigada Jean, e eu amo seus comentários. Sempre marcando presença aqui no blog, saiba que é sempre muito bem vindo! Abraço!

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo