Menu

Goodbye Mr. Black [K-Drama]


E se você está atrás de um dorama que passe longe dos clichês, este é uma das melhores propostas existentes este ano. Desde que li a sinopse, adicionei imediatamente este título à minha interminável lista, afinal, conferir enredos fora das "normalidades" que existem no mundo doramático já se tornou parte da minha vida.

Goodbye Mr. Black



Sinopse: Cha Ji Won é um oficial da Força de Operações Especiais da Marinha. Ele é positivo e tem charme pessoal, mas fica em uma situação desesperadora devido à traição de um amigo. Em seguida, entra em um falso casamento com Swan para esconder sua identidade. Através da personalidade brilhante da moça,Ji Won se apaixona e recupera a confiança nos outros.
Gênero: Drama, Ação, Romance
Nº de Episódios: 20
Ano: 2016
Onde Encontrar: Urameshi Downs (download), Viki (online)

Minha intenção era acompanhar este drama semanalmente na época em que estava sendo exibido na Coreia do Sul, entretanto, a faculdade não permitiu e só então nas férias passadas, consegui finalmente conferi-lo. O que acabou sendo bem melhor, pois imagina a curiosidade louca que me perseguiria a cada semana? Com todos os episódios disponíveis, minha vida tornou-se bem mais fácil e menos sofrida. Logo, como Goodbye Mr. Black não é um drama comum, e realmente me conquistou, decidi no post citar as  dez razões que fazem dele um dos melhores dramas do ano, a ponto de merecer obrigatoriamente uma posição na sua lista doramática. P.S.: Essa resenha iria sair tempos atrás mas outros doramas não permitiram... fazer o quê, né?!

1) Enredo bem elaborado

Goodbye Mr. Black conta a história do Cha Ji Won, um oficial da marinha que, por vezes, acaba sendo o tipo "moleque" brincalhão. Seu melhor amigo, Sun Jae é tratado como filho por seu pai, Cha Jae Wan, e ambos possuem uma amizade de muitos anos, junto com a irmão mais nova do Ji Won, a Ji Soo e uma amiga dela, a Ma Ri, tornaram-se um quarteto inseparável. Sun Jae querendo mudar de vida, decide sair das forças especiais da marinha e torna-se empregado do  Jae Wan, pretendendo seguir na carreira executiva. Porém, um evento inesperado faz com que Jae Wan perca a confiança no seu considerado filho e em uma viagem para a Tailândia, ambos se encontram e algo terrível acontece, ocasionando na morte do pai do Ji Won e no envolvimento de um outro executivo da empresa, o Baek Eun Do. Ji Won não se conforma e decide investigar por si mesmo a morte do pai, o que acaba trazendo problemas pra ele. O moço acaba sendo acusado de assassinato na Tailândia e além de ser perseguido pela polícia, também tem que fugir de seus inimigos. Em meio à fuga, Ji Won encontra Swan, uma moça coreana órfã que vende suco de mangá nas praias da Tailândia e que conheceu por acaso ao chegar no país. Swan acaba apaixonando-se por Ji Won e para ajudá-lo decide fingir que é sua esposa, assim, Ji Won deixa sua identidade coreana pra trás e torna-se Black. Porém, seus inimigos não se contentariam em vê-lo vivo, e ele continuaria a ser caçado na Tailândia. Pode parecer que soltei 1001 spoilers neste tópico, mas não! É tanta coisa que acontece neste drama que tudo isto que eu citei não é nem 1/3 dos acontecimentos. Este tornou-se um dos melhores enredos já criados, devido ao excelente trabalho dos roteiristas em manter um ritmo maravilhoso, prendendo a atenção do telespectador e trazendo reviravoltas surpreendentes ao decorrer dos episódios. Um bom roteiro merece total elogios e créditos quando criado e este é um dos que eu, com certeza, sempre falarei bem. O dorama fez tanto sucesso que adicionaram mais 4 episódios à trama, os quais foram muito bem vindos, isto é fato. Sabe aquela trama que consegue te prender por simplesmente ser maravilhosa em todos os aspectos presentes? Bem, estou falando de uma aqui!

2) Cha Ji Won/ Black (Lee Jin Wook) = protagonista carismático

Uma das coisas que eu mais amei no drama, com certeza, foi o Black. Temos um Ji Won bem moleque com um senso de humor como poucos, bom filho e irmão, e mais que tudo, um excelente amigo. Ji Won enxerga o Sun Jae como um verdadeiro irmão, sempre demonstrando seu total afeto - olha o bromance! - e claro, fazendo brincadeiras com seu amigo. Porém, descobre a traição do Sun Jae, a pessoa a qual ele confiara de olhos fechados, lhe dá um duro e cruel golpe. Mesmo estando deprimido e triste, Ji Won decide erguer-se e fazer o que for necessário para provar sua inocência e encontrar os assassinos de seu pai. 
À medida que a trama avançou, eu me encantava mais com este ser, sua personalidade era totalmente marcante, o tipo de protagonista que conquista o telespectador. E não foi apenas pelo charme do moço, não! Black - nome que assumiu posteriormente - conseguiu ser determinado, inteligente, e manter um senso de humor invejável. Mesmo sofrendo de tudo um pouco, ele não deixou-se corromper e manteve sua integridade, queria justiça e não vingança. 
E o que dizer da maneira como ele demonstrava seus sentimentos? O cara conseguia ser tão fofo. OMG! Inicialmente, Ji Won estava comprometido com a Ma Ri porém após mil e uma situações e sua proximidade com a Swan, ele apaixona-se por ela. O que o tornou mais amável ainda, pois um homem apaixonado como este, o qual invade a casa da menina de madrugada pra dizer que a ama, está em extinção. Enfim, foi um protagonista que conseguiu meu carinho, respeito e admiração!

3) Min Sun Jae (Kim Kang Woo) = antagonista digno!

E geralmente vemos em dramas, antagonistas que só conseguem nosso ódio gratuito, então quando temos um que consegue cativar mesmo sendo parte da liga do mal, logicamente não podemos deixá-lo passar despercebido né?! Eu amo quando exploram o antagonista de uma forma tão realista quanto esta. Sun Jae era o melhor amigo do Ji Won, porém após sua excessiva ganância optou por um caminho diferente, ultrapassando cada vez mais os limites da honestidade. Ao se ver envolvido com o Baek Eun Do, por escolha errada, Sun Jae volta-se contra seu melhor amigo quase irmão e ainda acaba prejudicando a Ji Soo, o que ele não poderia prever era que suas ações aos poucos iriam piorando e tornando-o mais desumano. Alguns podem ter odiado o personagem, mas eu, sinceramente, gostei dele. Justamente por ser tão realista, Sun Jae é o tipo de personagem que retrata dignamente como o ser humano pode ser ganancioso e extremamente invejoso. 
Amo quando podemos conferir na telinha a evolução de um antagonista, entendendo desde o início o porquê dele ter tornado-se o "vilão", claro que segundo minha maneira de pensar, nada justifica qualquer mal que outra pessoa possa fazer à outra, entretanto, poder entender melhor a maneira de pensar e agir do Sun Jae, ajudou-me a compreendê-lo melhor e criar um afeto. Ele era um invejoso que sempre buscou provar quão superior ao Ji Won poderia ser, uma competição que jogava sozinho.

4) Kaya/ Swan (Moon Chae Won) = mocinha que foge dos clichês

A Kaya é uma coreana que acabou perdendo os pais no tsunami ocorrido na Tailândia anos atrás, e agora vive sem lembranças como um órfã. Para conseguir o sustento de cada dia, vende suco de manga na praia, lá ela encontra o Black e desde então, torna-se "parceira" dele, uma posterior esposa que o ajuda a fugir. A mocinha em questão me surpreendeu muito ao longo dos episódios, suas atitudes sempre eram firmes, típicas de uma mulher forte, ao mesmo tempo em que conseguia ser extremamente amável. O que posso afirmar é que foi uma das poucas mocinhas que conseguiram me cativar de maneira implacável, sabe aquela protagonista feminina que tem uma forte presença na trama? Ela foi assim! E seu amor pelo Black era tão verdadeiro, sempre buscando entendê-lo, mesmo que isso pudesse machucá-la, era tão sincera que, por vezes, me comoveu.

5) Repórter Seo Woo Jin (Song Jae Rim) e o Panda News 

O repórter Woo Jin aparece um pouco depois, porém conseguiu me cativar. O futuro chefe da Swan é um rapaz decidido e íntegro, sempre buscando a verdade e nada mais que isso para noticiar. Não importando qual era o assunto, ele agia o tempo inteiro de maneira justa sem preocupar-se com qualquer represália - eu gargalhava quando ele mencionava que se alguém queria processá-lo deveria se juntar à lista enorme dos que já o fizeram - de outras partes. O criador do Panda News, um site online que publica notícias, conquistou meu coração e realmente me deixou triste por possuir um amor unilateral... Enfim, ele e toda a equipe do Panda News foram excelentes!

6) Amizade e posterior rivalidade entre o Cha Ji Won e o Min Sun Jae

Um dos pontos que mais gostei em Goodbye Mr. Black foi a maneira como exploraram a amizade e posterior rivalidade entre esses dois.  Ao contrário do Sun Jae, Ji Won só enxergava o seu melhor amigo como alguém da família e pra ele, foi um verdadeiro choque perceber a traição do mesmo. Os roteiristas souberam explorar essa rivalidade de forma magnífica, sendo que a disputa entre eles - e entre o Baek Eun Do que também tornou-se um inimigo poderoso - foi extremamente interessante. 

A blogueira aqui ficava torcendo para o Ji Won conseguir vencer no fim, é claro. Entretanto, como o Sun Jae foi um antagonista tão bem construído, acabava torcendo por ele também, para que no fim reconhecesse quanto invejoso tinha sido todo o tempo. Estes dois foram o tipo de bromance do avesso, e eu curti muito isso, não posso negar.

7) Personagens secundários bem trabalhados

- Cha Ji Soo (Im Se Mi)

A irmã mais nova do Ji Won foi aquela personagem que de início, parecia que seria uma chata e imprestável. Entretanto, souberam até utilizá-la bem e aos poucos criei afeto pela moça, pois era visível que sofreu muito e sentia-se incapaz, indefesa. Mudou gradativamente, parecendo que era uma semente que floresceu e tornou-se mais determinada e forte.

- Mei (Ha Yun Joo), Ko Sung Min (Lee Won Jong) Ahn Gye Dong (Bae Yoo Ram)

Este trio tornou-se incrivelmente cativante. De início, o Sung Min parecia mais um vigarista que pouco contribuiria para a trama, porém ele surpreendeu e deu até um ar de comédia em muitos momentos. Sua filha, Mei, foi extremamente útil em muitas situações, o tipo de personagem secundária que consegue exercer uma função na trama e não apenas "existe" nela. O Gye Dong é amigo do Ji Won e parte das forças especiais, ao ver seu amigo/capitão/ precisando de ajuda, não pensou duas vezes e foi ajudá-lo, um leal parceiro, outro extremamente cativante.

- Kim Ji Ryoon (Kim Tae Woo)

O Kim Ji Ryoon foi outro que conquistou meu carinho, inclusive respeito. O rapaz me surpreendeu por ser um verdadeiro bombril ambulante, era empresário/ médico/ consultor de finanças/ voluntário da ONU/ psicólogo/ advogado/ e por aí vai... Eu apenas fiquei pasma com a quantidade de profissões que ele conseguia exercer perfeitamente e além de tudo isso, ainda era um homem extremamente agradável e de boa índole. 

- Baek In Do (Jun Gook Hwan)

O Baek Eun Do foi aquele vilão odiável que o telespectador tem vontade de dar uma voadora, torturar, matar... Ele é um dos executivos que trabalham na empresa do pai do Cha Ji Won e foi um verdadeiro homem sem escrúpulos, sendo capaz de qualquer coisa - qualquer coisa meeesmo - para aumentar sua conta bancária. Eu odiei este desgraçado em todos os episódios, sendo que nos últimos, o ódio aumentou assustadoramente e se o drama não estivesse terminando, era bem capaz de eu dar uma pausa temporária para poder recuperar minha paz interior. 

- Yoon Ma Ri (Yoo In Young)

E eis aqui a personagem que eu mais odiei, mais até do que o Baek Eun Do. Ma Ri é a inicial noiva do Ji Won, uma moça que parece ser agradável e até digna. Entretanto, não engoli as ações dela após alguns episódios, principalmente o fato de ter casado com o Sun Jae, - pequeno spoiler necessário, para entenderem bem só assistindo o dorama - o melhor amigo do seu ex noivo. A mulher que pareceu jurar amor eterno ao Ji Won, logo o esqueceu e por medo da solidão casou-se com quem lhe deu apoio, minha sensação sobre a Ma Ri é que na verdade ela não amava ninguém, tampouco si mesma. Apenas precisava de alguém em quem se apoiar, e mesmo o Sun Jae sendo verdadeiro em relação ao seu sentimento pela moça, ela não me convenceu no quesito reciprocidade e acabou me dando nojo com suas ações. Sinceramente, odeio personagens como ela, tentam agir dignamente mas é extremamente visível que sua essência é duvidosa. E a atriz dá certo no papel "esposa sofredora", não é mesmo?! Lembram dela em Mask?!

8) Romance encantador

O bom é que os roteiristas não ficaram tentando fazer um quarteto amoroso cheio de intrigas e aquelas besteiras comuns, logo estava na cara quem amava quem ali e pronto! Swan e Black foram um casal amável e extremamente cativantes, vê-los juntos era maravilhoso tamanha a química natural e doce entre eles. 


Ambos foram desenvolvendo um romance de forma encantadora, gradativamente tornaram-se próximos, amigos e apaixonados, o apoio incondicional que um dava ao outro era de fazer qualquer dorameira ficar comovida. Foi o tipo de casal que conquistou por ser dignamente carismático e incrivelmente verdadeiro, esbanjaram os sentimentos sinceros que sentiam um pelo outro de forma única. Shippei MUITO este casal, uma verdadeira torcida, - no último episódio quase infarto por causa desse casal, gente! Sério mesmo! - daquelas que faz até a pessoa cruzar os dedos.

9) Final totalmente satisfatório

Um bom final sempre torna o dorama melhor, não acham?! E este foi um daqueles dramas que conseguem com maestria elaborar um bom fim para todos os personagens a partir de eventos meio traumáticos nos penúltimos episódios. Se alguém reclamar do ocorrido neste último momento da trama é porque viu poucos kdramas com finais assustadoramente ruins. Fiquei muito feliz por Goodbye Mr. Black ter conseguido concluir-se com um sólido e bem elaborado final. Palmas e agradecimentos aos roteiristas porque isso realmente não é fácil de se fazer!

10) OST/ Sonoplastia perfeita em todos os momentos

Amava quando em determinada cena do casal surgia canções especificas, encaixando-se perfeitamente com a atmosfera da cena. Confiram as que mais gostei abaixo:

Goodbye - Baek Ji Young



Sunflower - 2BIC



Finalizo com a frase mais marcante e linda do dorama:
" Spero Spera" - " Enquanto você estiver vivo, ainda há esperança!"


6 comentários

  1. O que dizer desse drama? Só de ler sua resenha bateu aquela saudade ^^
    Quando vi que esse drama ia começar, logo me interessei, apesar de já estar fazendo a tradução do Come Back Mister e do Descendants of the Sun na mesma época, aceitei mais esse de olhos fechados (tive que me virar nos 30 nas semanas em que tinha transmissão dos três kkkk). Primeiro por causa do Lee Jin Wook (sempre me deixo cativar pelo charme dele *-*) e segundo, como você, por causa da sinopse.

    - SPOILER -
    Vi vários comentários de pessoas que achavam que o protagonista não deu o ar certo ao personagem, mas foi exatamente isso que eu mais gostei! O que ele queria era justiça, não vingança, e por isso eu admirava muito o Black. Apesar de tudo o que ele passou, ele ainda vivia a vida dele plenamente, não se consumindo pelo ódio. E cá entre nós, sabemos exatamente como coreanos gostam de terminar histórias de vinganças, pelo menos em todos que assisti até agora rs Com mortes. E na verdade, era exatamente isso que eu esperava desse drama também e já estava me preparando mentalmente para um fim destruidor, por causa daquele estilhaço, os problemas no cérebro que ele tinha e tals... Mesmo com tudo isso, eu aguardava ansiosamente pelos próximos episódios!! E sofria com antecedência!!! rs Tanto que quando chegou aquele final, ficou meio difícil de acreditar... Fiquei me perguntando várias vezes se eles só acharam uma justificativa para mantê-lo vivo, mas pensando melhor a desculpa não foi tão ruim assim e, é claro que foi o fim que eu queria e não estava acreditando que tinha!!! kkkkkk Depois não pude deixar de agradecer mentalmente os roteiristas por terem feito assim <3 Foi credível ou não? Não quero saber. Simplesmente A-M-E-I!!! <3<3<3 O casal de protagonistas também! Ficava torcendo muito por eles. Shippava TOTAL <3<3<3
    Eu também entendi um pouco o amigo (e depois inimigo) e até achei que o pai do protagonista foi muito duro com ele... Mas, é claro que, como ele acabou escolhendo o caminho errado, foi difícil voltar atrás. E a Ma Ri não vou nem comentar... ¬¬
    Gente! E a irmã dele e o amigo multiplayer!! Simplesmente amei o final deles! Eu estava achando que rolava um clima entre eles, mas que não ia dar em nada por causa das idades deles, então foi uma surpresa agradável *-*
    - FIM SPOILER -

    "Spero Spera" adotei para a vida! ;)
    Obrigada pela resenha! Nem esperava mais que resenhasse ele e foi muito bom ler e relembrar desse drama *-*
    Ahhhh! Que vontade de assistir de novo!!! ^^
    Beijos,
    Tereza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu realmente conseguiu se virar nos 30,né?! Culpa da temporada maravilhosa de doramas que tem saído ultimamente.

      ALERTA DE SPOILER

      Concordo contigo, Black realmente queria apenas justiça e esta tornou-se uma de suas características mais marcantes.
      Senti a mesma coisa que você com relação ao final, morri de medo e fiquei feliz por não terem terminado terrivelmente mal.
      Depois de tudo que o casal prota passou, eles mereciam um fim digno e cheio de felicidade né não?! Fiquei feliz como o fizeram.
      Exatamente! Ele escolheu o caminho errado e ficou difícil voltar atrás. Mar Ri nem precisa ser comentada... ahsuhasuahs'
      Sim, foi realmente uma surpresa agradável! <3

      FIM DE SPOILER

      Spero Spera se tornou inspirador né?!
      Ah, eu demorei muito pra postar a resenha porque tava sem tempo de editar o post, mas mesmo demorando, sempre postarei as resenhas, pode ficar tranquila. ^^
      Eu que agradeço por vocês terem legendado este projeto! <3
      Realmente deu vontade de assistir de novo! Hhsuahsu'
      Beijão :*

      Excluir
    2. Pois é, nem sei como me virava nos 30! kkkk Hoje, mal e mal consigo dar conta de um lançamento. Só de pensar em assumir mais um ao mesmo tempo, já me deixa exausta :p São as responsabilidades (e os compromissos) aumentando consideravelmente... mas com certeza essa temporada maravilhosa de dramas ajudou sim! Pena que não tenho mais o pico para continuar nesse ritmo, porque lançamento de dramas desse ano que já estão esperando na lista para assistir só aumentam kkkk ^^ Mas então: "enquanto há vida, há esperança", não é? kkkk
      Obrigada pela resposta!
      Beijão :*
      ~Tereza

      Excluir
    3. Eu te entendo e admiro por se disponibilizar assim, se virando nos 30 para fazer dorameiros do país felizes. Obrigada mesmo! <3
      A lista só aumenta, ôh vida sofrida né?! HAUHUAHSUASHA
      "enquanto há vida, há esperança" SEMPRE! KKKK
      Eu que agradeço por sempre aparecer por aqui junto com a Lucíla! São um apoio maravilhoso, além de que, amo ler seus comentários! Beijão :*

      Excluir
  2. Depois de assistir Nice Guy me apaixonei Moon Chae Won e quando vi esse drama reconhece logo ela. Não vou mentir só vou assistir esse drama por causa dela mesmo. Amei ela contracenado estou super ansiosa pra ver se é bom mesmo esse drama. E depois de ler a sua resenha me deu mais vontade de assistir mesmo. (não vou mentir li por auto mais vou ler mais direitinho depois).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é maravilhosa atuando né?! Também gosto muito da atriz. Se você ama vê-la contracenando, irá amar este dorama pois ela mais uma vez, nos comove com suas belíssima atuação. Fico feliz que a resenha tenha te feito querer ver este dorama. Depois retorna e lê direitinho e se assistir o dorama, comenta o que achou! ^^

      Excluir

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo