Menu

AldNoah Zero [Anime]


Após a recomendação (super surtada) de uma amiga, claro que fui conferir este anime e mesmo sendo mecha (o que não é um dos meus estilos preferidos), não se pode negar que foi uma verdadeira surpresa acompanhar a trama. E acho que vocês também deveriam dar uma oportunidade para essa produção.

ALDNOAH ZERO



Nome: AldNoah Zero
Gênero: Ação, mecha
Nº de Episódios: 24 (distribuídos em duas temporadas)
Onde baixar: Animakai
Ano: 2014-2015
Sinopse: Em 1972 após uma descoberta na superfície da lua, a humanidade começou a usá-la para colonizar Marte. Mas anos depois, acontece uma guerra entre colonizadores da Terra e Marte.

Temporada

Temos então a apresentação aos personagens e universo de AldNoah. Um anime que possui uma história original daquelas que não se vê sempre, sendo esse um dos fatos que me mais me chamaram a atenção quando comecei a ver e claro se for falar da primeira temporada é necessário citar os desdobramentos que ocorrem, que foram bem feitos, de forma inteligente, realmente surpreendendo quem assiste.

Os personagens são do tipo que você sempre encontra em animes e ao mesmo tempo são inovadores (confuso, né? Calma, explicarei. rs), são comuns se você considerar animes mecha em geral mas inovadores porque possuem características únicas ao próprio universo em que se tem base a história.

Personagens:






Asseylum Vers Allusia - princesa marciana que está responsável em tentar manter o acordo de paz entre a Terra e Marte (Vers - forma como se referem) , uma garota justa que é a favor de que ambos os planetas vivam em harmonia. Porem em uma visita a Terra, algo inesperado acontece e ela é obrigada a esconder sua verdadeiramente identidade. 





A partir deste momento em que Asseylum precisa esconder quem é, ela conhece Kaizuka Inaho, um jovem estudante inexpressivo (sim, eu realmente o achava sem expressão porem se tornou o personagem que eu mais gostei, rs) que posteriormente se tornaria parte do exército de combate aos marcianos ajudando-a a tentar amenizar a situação e acabar com os conflitos existentes. Inaho logo nos primeiros episódios nos mostra sua incrível inteligência e capacidade mas suas ações acabam resultando em acontecimentos maiores do que ele poderia imaginar ganhando desavenças com Slaine, morcego, forma como se referia ao inimigo. Apesar de toda a besteira que ele faz e de sua falta de mudanças faciais (dá para você contar nos dedos quantas vezes a cara dele muda, rs), acho que foi um personagem interessante que nos mostra o quanto uma ação pode ocasionar uma inesperada e drástica reação.





Slaine Troyard - o gentil marciano que na verdade é terráqueo, se tornou servo fiel e grande amigo de Asseylum. Na primeira temporada, muita coisa acontece com ele (senti pena várias vezes) e ao mesmo tempo em que tenta encontrar a princesa na Terra, tem que lidar com outras coisas que andam acontecendo ao seu redor, pois na verdade ele perceberá que nem todos apoiam a Princesa de Vers (Marte) como ele havia pensado. 




E mesmo depois de tudo isso, acreditem não soltei nenhum spoiler. A quantidade de reviravoltas é incrível tornando o anime muito interessante de assistir, o que anda faltando em muitos por aí.

O final desta temporada na minha opinião foi um dos melhores já feitos, deixaram ótimos ganchos para a temporada seguinte e ainda surpreenderam, literalmente fazendo pensar "mas o que é que eles farão agora?" , "realmente vai ter sequência?", "como assim acabou?".

Temporada

Após os acontecimentos da primeira temporada, a situação inteira muda. Os personagens apresentados retornam diferentes, cada um a seu modo e carregam o peso de suas decisões tomadas na temporada anterior, o que ocasionou em muitas consequências, não só para eles mas para ambos os planetas, Terra e Marte.

E temos a inserção de uma personagem que teria um papel importante na trama: Lemrina Vers Envers. Se inveja tem nome, com certeza é Lemrina (assistam e entendam, rs), o que posso dizer é que ela é parente de Asseylum e por motivos mais que necessários a Vers, assumirá o posto de princesa de uma forma não muito autêntica. Para vocês entenderem só vendo o anime, hehe.

Eu sinceramente achei o ritmo desta temporada mais lento comparando com a anterior porem temos muitas mudanças também e grandes acontecimentos, principalmente porque a Guerra entre Terra e Marte realmente "explode", digamos assim.


O final/conclusão de toda a trama eu não gostei, acho que alguns personagens mereciam algo melhor, um, especificamente falando. Mas como ando acostumada com finais meia boca/ruins/sem noção/ e qualquer outra palavra que queira adicionar, não considero que isso faça com que AldNoah Zero não mereça ser visto, pelo contrário.


Um ponto muito positivo do anime, é a produção. Animes do gênero mecha sempre tem ação e muitas lutas robóticas de impacto, aqui elas foram realmente bem feitas, o que foi visualmente notório. Principalmente as que aconteciam no espaço, o gráfico era incrível ( só não fiquei mais impressionada porque Suisei no Gargantia me conquistou neste quesito).


As músicas inseridas enquanto ocorriam certas batalhas também foram dignas, aliás a sonografia em si foi impecável. As openings e endings apesar de não entrarem para lista de minhas preferidas são realmente agradáveis.

Kalafina (que também possui single na franquia Fate (em breve resenha dessa saga que amo) interpreta aqui Heavenly Blue - primeira opening.


Para conferir as outras vejam o anime. Haha'
Espero que tenham gostado da dica de hoje, em breve post sobre comeback do Beast (antecipe-se e veja o mv aqui) e o retorno da  Demi com Cool for the Summer. Até! (:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Sua opinião também é importante. Comente! (:

Topo